Menu
Busca Qui, 24 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Caos na Saúde

Paciente aponta desordem, falta de médicos e demora em atendimento na UPA do bairro COOPHAVILA II

03 maio 2018 - 09h20Por Redação Notícias VIP
A falta de médicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro COOPHAVILA II, em Campo Grande, provoca demora no atendimento de pelo menos de 8 horas na noite desta quarta-feira (02). A informação é dos pacientes que estavam na fila de espera por atendimento.

Além de enfrentar problemas de saúde, os pacientes que necessitam de atendimento público atualmente vivenciam uma maratona de angústia e sofrimento.

Um paciente que preferiu não se identificar (Vídeo) reclama de demora de até 7 horas no atendimento na UPA.
O homem diz que chegou ao local por volta das 13:00  horas, no entanto, até ás 20:00 horas estava sem atendimento e com náusea, vômito, febre e dor de cabeça, sem saber o que têm. 

Ele disse ainda que até o atendimento na triagem estava demorado.

Além de estar com a equipe reduzida, os profissionais contam que a UPA enfrenta racionamento de medicamentos. Segundo um médico que preferiu não ser identificado, a unidade funciona sem insumos básicos.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corrupção
Operação da PF apura desvios no SUS de mais de R$ 2 milhões Ao todo 10 mandados de busca e apreensão foram cumpridos no RS e ES
Brasíl e Mundo
Tóquio exigirá testes de covid-19 para atletas, mas não quarentena
Brasíl e Mundo
Time coloca Bolsonaro entre 100 mais influentes e o responsabiliza por mortos na pandemia e crise ambiental
Saúde
J&J inicia estudo final de vacina contra Covid-19 em 60 mil voluntários
Vacina contra Covid 19
Polícia
"Argumento para lacrar bancas do bicho é ocupação de calçadas sem autorização " disse site de notícias.
Rio de Janeiro
"Vai vendo ... Witzel faltou algumas aulas do prefeito Crivella " disse a fonte
Mundo
Torre Eiffel é esvaziada em Paris Informação é da equipe de imprensa da torre
Brasil
Elias Maluco é encontrado morto dentro de cela
Campo Grande
Mulher é encontrada morta com ferimentos graves dentro do banheiro no fundo de um salão de cabeleireiros
Fronteira
Foram presos contrabandistas, entre eles um dos policiais da Operação Omertà.