Menu
Busca Sex, 03 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Fiscalização

Policia Civil promete fechar bares com histórico de violência e confusões

10 abril 2018 - 17h57Por Redação Notícias VIP
Fiscalizações em comércios que vendem bebidas alcoólicas ficarão mais intensas após a lei que obriga todos os estabelecimentos comerciais a terem alvará da Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social), em Campo Grande. A Polícia Civil irá barrar documento de funcionamento para locais que têm históricos de violências e confusões e esses poderão ser fechados.

O objetivo da Lei n. 2.909, de 28 de julho de 1992 ? Código de Polícia Administrativa ? é trazer mais transparência quanto aos alvarás de funcionamento e da vigilância sanitária quando se tratar destas empresas que não estão adequadamente aptos para o serviço.

A reportagem do Jornal Midiamax conversou com o vereador e delegado Wellington, autor da proposta, que explicou a importância da lei para a segurança dos estabelecimentos e dos clientes.

?É uma questão de segurança. Porquê se o lugar está aberto, significa que está com todos os requisitos solicitados em acordo. O importante é que se haver perturbação, briga, violência, a primeira coisa que irá verificar é a questão do alvará?, esclareceu Wellington.

O fato é que a Deops irá barrar estabelecimentos em que já foram palcos de casos como mortes violentas e violência, por tanto, locais que passaram por situação semelhante, não receberá alvará da delegacia e poderá ser fechado.

Fiscalização

Donos de bares, restaurantes, cafés, clubes, shoppings, danceterias, conveniências, conveniências de postos de combustíveis, pizzarias, feiras-livres, trailers e outros, deverão contatar a delegacia para providenciar documentação.

O delegado da Deops, Wilton Vilas Boas, esclareceu que, com essa nova lei, todos os estabelecimentos que vão inaugurar ou já funcionam, precisaram do alvará para continuar com o funcionamento. ?Quem já possui não influenciará em nada. Quem não tiver, será alvo de investigações da delegacia?, disse.

Os comércios que não se adequarem passaram por fiscalização ou serão incluídos em operações da polícia ao longo do ano. ?Temos duas equipes de investigações que se divide na cidade. Além disso temos operações em que outras delegacias participam, aí o efetivo aumenta. Fazemos investigações através das redes sociais, mandamos notificações por correios também. E agora com essa lei, qualquer bar ou restaurante novo, obrigatoriamente deverá passar aqui na Deops?, declarou Vilas Boas.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl e Mundo
Casos globais de coronavírus ultrapassam 11 milhões
Campo Grande
Jovem desaparecida, foi localizada morta em frente a um comércio, sob um cobertor e próximo de sua casa.
Campo Grande
Lixo e animais peçonhentos na cidade do Trad
Educação
Renato Feder pode ser confirmado ainda nesta sexta como novo ministro da Educação
Direito do trabalhador
Ministro nega recurso em ação sobre correção de dívidas trabalhistas
Lava jato
Tucanos com altas plumagens são pegos pela Federal
Meio Ambiente
Incêndio ameaça escola rural do Jatobazinho
Campo Grande
Prefeito Trad deixa buraco na Duque de Caxias causando acidentes e tumulto no trânsito
Saúde
Covid-19: país tem 61,8 mil mortes e 1,49 milhão de casos confirmados
Saúde
Ciclone deixa sul do Brasil e segue para oceano Fenômeno provou a morte de nove pessoas em Santa Catarina