Menu
Busca Sáb, 28 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Infração

Procon flagra novamente irregularidades em supermercado da Capital

26 abril 2018 - 14h24Por Redação Notícias VIP
A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS), flagraram, novamente, produtos vencidos expostos à venda em uma rede de supermercado da Capital.

Quando temos esses supermercados em caráter repetitivo, as multas são majoradas por repetição da infração administrativa. O aumento varia entre 5% e 10% cada vez que o mercado repete a infração. No caso dessa rede a inicial era de 200 Uferms e já está na casa das 400 Uferms, o valor de cada multa, explica o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão.

Na oportunidade os fiscais descartaram, entre outros, 18 embalagens de requeijão cremoso, 73 embalagens de biscoito integral, e ainda itens como batata ondulada, latas de cerveja e refrigerante, o que resultou em 145 produtos vencidos. Irregularidades como propaganda enganosa e o não cumprimento de ofertas também foram constatadas.

Marcelo Salomão reforça também que ao adquirir um produto fora de validade o consumidor está colocando em risco a saúde das pessoas que estão a sua volta, e orienta para que ao encontrar um item vencido seja realizada a denúncia, evitando assim que outros consumidores comprem produtos impróprios para o consumo.

O Procon Estadual disponibiliza o número 151 e o Fale Conosco do site  aos consumidores para informações e denúncias.
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Brexit: negociações vão ser retomadas em Londres
Brasíl
Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano
Brasíl
Ministério da Saúde divulga informações sobre o combate à covid-19
Campo Grande
Covid-19 mata subtenente em MS; 2ª morte do mês na instituição
Covid 19 em MS
Taxa de contágio da Covid 19 volta a subir no MS
Campo Grande
Estado deposita R$ 514 milhões em salários nesta sexta-feira (27)
Brasil e Mundo
Dinamarca quer desenterrar "visons zumbis" de valas coletivas
Judiciário
Bretas condena Cabral a 19 anos de prisão e Barata a 28 anos
Esportes
LNF adia primeiro jogo da semifinal entre Tubarão e Magnus
Ponta Porã
Polícia paraguaia prende dois suspeitos de matança de membros da turma de Fahd Jamil