Menu
Busca Sáb, 11 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Saúde pública

Promotora de Justiça implacável com Bernal e super comedida com Tradeca

09 setembro 2019 - 18h49Por Plantão de notícias

A promotora de Justiça Filomena Aparecida Depolito Fluminhan, enviou três recomendações à Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Campo Grande para melhorar os atendimentos na rede psiquiátrica. O município tem entre 30 e 120 dias para enviar o posicionamento sobre acatar ou não o que foi recomendado.

Durante reunião realizada na 32ª Promotoria de Justiça de Campo Grande, a promotora destacou que desde 2015 o crescente número de suicídios no Estado e na Capital chamaram a atenção levando ao pedido de maior atenção das secretarias de saúde – estadual e municipal – aos problemas relacionados a rede de atendimento psicossocial.

A primeira recomendação, conforme informado pela promotora, foi enviada no mês de julho de 2019 e pede que um dos CRSs (Centros Regional de Saúde), seja transformado em mais um CAPS AD-4 (Centro de Apoio Psicossocial Álcool e Droga). Além de propiciar o acolhimento de mais 20 pacientes em mais leitos de observação.

Na última semana foi enviada ao município a segunda recomendação para que sejam implementados 240 leitos psiquiátricos, tendo em vista que Campo Grande conta atualmente com apenas 159 – sendo 65 do SUS (Sistema Único de Saúde) e 94 da rede particular.

E a terceira recomendação pede que seja regularizada a sala de emergência do CAPS-AD 4, localizado na Vila Rosa Pires, com equipamentos faltantes como desfibrilador, prancha de massagem cardíaca, oxímetro. Além da contratação de psiquiatras e alguns profissionais de nível superior.

Agora o município tem entre 30 e 120 para enviar ao MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) a resposta de acatar ou não as recomendações.

 

Com midiamax

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras
Bolsonaro e Coronavirus
Reabertura precoce transforma Brasília em epicentro da Covid-19
Saúde
Brasil passa de 70 mil mortes por coronavírus e supera 1,8 milhão de casos
Brasíl
Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 10 de julho, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)
Campo Grande
Trad remaneja 70 milhões de reais com conivência dos vereadores
Saúde
ESPECIAL-Bolsonaro aposta em "cura milagrosa" para salvar o Brasil, e própria vida, da Covid-19
Política
Maia diz que é grave Bolsonaro tratar de hidroxicloroquina e que políticos não devem recomendar remédios
Política
Ministro pede investigação da PF com base na Lei de Segurança Naciona
Polícia
Força tarefa da federal cumpre ordens judiciais contra executivos das lojas Ricardo
Brasíl
Bolsonaro veta obrigação do governo em oferecer água, produtos de higiene e leitos a indígenas