Menu
Busca Sáb, 17 de abril de 2021
(67) 9.9928-2002
Descaso e abandono

Quadra de esporte some no meio do mato no bairro Maria do Couto

17 abril 2018 - 16h36Por Alcides Bernal
Moradores do bairro Ana Maria do Couto, região oeste de Campo Grande, reclamam do descaso e abandono da Praça que fica localizada próxima a Avenida Júlio de Castilho.


A sujeira e o matagal, tomam conta da área que era para ser de lazer de famílias que moram na região, o mato ultrapassa a altura dos bancos e ainda tem um formigueiro enorme que comprova a falta de cuidados.


A praça foi inaugurada no ano de 2004, possui uma quadra poliesportiva, porém esta visivelmente depredada, a tela está rompida, as cestas de basquete estão arrebentadas, o gol todo enferrujado, iluminação precária sem contar a falta de pintura para demarcar a quadra.


?Foi reivindicado a prefeitura municipal para que seja feita a limpeza, galho, lixo, sujeira são constantes aqui na praça, vândalos e usuários vêm de outros locais para usar droga?, desabafou a dona de casa Miriam David de 60 anos que mora na região há mais de 16 anos.


A comerciante Jacinta Jara,64 anos, que mora no bairro há mais de 18 anos relata que a praça é ponto de bandidagem. ?A gente não tem lazer, a praça é uma maravilha para se sentar ou fazer caminhada a sombra é uma benção, mas não frequento devido a sujeira e noinhas?, disse a moradora.


Uma vez na semana ocorre a feira do bairro, na praça. ?Eu mesma tenho medo de fazer caminhada ou de frequentar a feira, tem muito mosquito, já encontrei até escorpião, sem contar os usuários de drogas prefiro evitar?,disse a aposentada Inácia Molina Lopes de 54 anos.


A reportagem do Jornal O Estado entrou em contato com a assessoria da Prefeitura Municipal de Campo Grande e até o fechamento da matéria não tivemos retorno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasília
Governo simplifica regras para aumento de cobertura de rádios FM
Desemprego
Impacto da pandemia é maior para trabalhadores jovens, diz Ipea
Covid 19 em MS
Após confirmação de 2 variantes em MS, especialista sugere "mais controle"
Estudos apontam que variante P2 veio do Rio de Janeiro, mas é considerada menos letal que a P1, de Manaus
Auxílio emergencial
Auxílio do Estado poderá contemplar quase 20 mil famílias em Dourados
Trânsito
Mudanças no CTB: Nova Lei proíbe o transporte de menores de 10 anos em motocicletas
Motorista
Detran lança e-book e hotsite com todas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro
Meteorologia
Quarta de tempo parcialmente nublado e pancadas de chuva no centro-sul do Estado
Brasília
Senador diz ter assinaturas para ampliar investigação da CPI da Covid
Geral
Pandemia aumenta em 20% os acidentes domésticos com crianças
Brasil
Inflação acelera para todas as faixas de renda em março, diz Ipea