Menu
Busca Sex, 13 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Capital

Rapaz é preso e adolescentes são apreendidos por tentativa de furto a banco em MS a mando de presidiário

Eles fizeram buracos em paredes, mas foram flagrados antes de terem acesso ao cofre.

22 julho 2019 - 17h00

Um rapaz de 18 anos foi preso e dois adolescentes, de 16 e 17 anos, apreendidos, na madrugada desta segunda-feira (22) após terem invadido uma agência bancária em Sidrolândia, a 64 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM), dois dos suspeitos foram encontrados no telhado da agência e um no imóvel vizinho. Eles contaram que invadiram o banco a mando de um presidiário, com quem falaram por telefone.

Conforme o registro policial, os suspeitos disseram também que foram por carro de aplicativo de Campo Grande para Sidrolândia no sábado (20), invadiram o banco e lá ficaram até às 3h de domingo (22).

Depois, dormiram em uma casa próxima e na noite de domingo voltaram para a agência para abrir o cofre e acabaram flagrados pela PM.

Para entrar na agência, o trio fez buracos em paredes, tiveram acesso à sala do cofre com ajuda de uma corda amarrada a uma grade e colocaram uma coberta na câmera de monitoramento.

O dono da casa onde o trio dormiu não foi encontrado. Ele seria a pessoa responsável por avisar sobre a movimentação policial na região e ainda por fornecer ferramentas para o furto, as quais foram encontradas em uma mochila, em um terreno baldio na frente da residência. Com informações, G1.

Celulares apreendidos com o trio — Foto: BPMChoque/Divulgação

Celulares apreendidos com o trio — Foto: BPMChoque/Divulgação

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corguinho
Festa de Som Automotivo terminou na Delegacia de Polícia Civil
Brasil
Sonia Guajajara: Bolsonaro é um perigo para o planeta
Crime
Avô de 85 anos foi preso por estuprar netos de 4 e 6 anos
Ponta Porã
Execução sumária na fronteira.
Brasília
Ministro da Justiça não obteve sucesso na abordagem: ex-juíza teve mandato de senadora cassado
Campo Grande
Surgem as Tradicionais favelas na capital
Brasília-DF
Moro demonstra uma vaidade desproporcional ao cargo de Ministro da Justiça
Educação
À Comissão de Educação da Câmara dos Deputados ele disse que há "plantações de maconha" e "laboratórios de droga" nas universidades federais; o G1 mostrou que os casos citados foram investigados e não geraram processos contra as instituições.
Polícia
Amor de filho, virou presepada e prisão
Política
Juiz de Brasília suspendeu a decisão do PSL