Menu
Busca Qua, 03 de junho de 2020
(67) 9.9928-2002
Capital

Rapaz que agrediu outro em Campo Grande por ter urinado no carro dele vai a júri popular nesta terça-feira

Caso aconteceu em setembro de 2016, em Campo Grande. Vídeo com a agressão na rua circulou nas redes sociais.

17 setembro 2019 - 16h16

Vai a júri popular nesta terça-feira (17), Jhonny Celestino Holsback Belluzzo, acusado de agredir Samuel Acosta Gomes, após uma festa, na Vila Jacy, em Campo Grande.

A agressão aconteceu no dia 18 de setembro de 2016, após a vítima ter urinado em um dos pneus do carro do acusado, depois de uma festa. Jhonny Celestino responde por tentativa de homicídio qualificada pelo meio cruel, motivo fútil e pelo recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

Agressão

O caso começou a ser investigado pela Polícia Civil após um vídeo com a agressão circular em redes sociais. As imagens foram feitas por uma das pessoas que assistiam às agressões. É possível ouvir pedidos para os suspeitos pararem os ataques. Um rapaz tenta, sem sucesso, separar a briga: "Não mata ele, não". A sessão de violência durou pelo menos 1 minuto e 25 segundos, conforme a gravação.

Na época, o também advogado de Jhonny, Ronye Mattos, disse que o cliente dele não queria machucar Samuel. "Ele não tinha intenção de ocasionar mal maior. Foi um momento em que ele ficou nervoso e ele já se arrependeu disso. Ele já procurou o rapaz, o rapaz já procurou ele, já pediu desculpa", afirmou a defesa.

Após a divulgação do caso, o rapaz fez um vídeo pedindo desculpas à vítima. "Vim pedir perdão pela violência gratuita que vocês viram. Principalmente perdão aos pais do Samuel e ao Samuel. Foi uma m que eu fiz. Nunca quis causar um mau maior para ele", fala o jovem no vídeo.

Ele diz ainda que por causa da agressão teve que mudar a rotina. "Tive que largar o emprego, tranquei a matrícula na faculdade. Eu e meus pais, principalmente, estamos sendo ameaçados todo dia de tudo quanto é canto da cidade. Não posso mais sair na rua", fala.

Segundo informações, G1 MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde Pública
Brasil tem novo recorde diário com 1.262 mortes por coronavírus e passa de 31 mil óbitos
Auxílio Emergencial
Câmara dá prioridade para mãe chefe de família no auxílio emergencial Texto vai agora para análise do Senado
STF
Moraes libera acesso de advogados ao inquérito sobre fake news
Politica
PL Fake news Projeto seria votado hoje e foi retirado da pauta do Senado
Política
PL das fake news, que seria votado hoje no Senado, é retirado de pauta
Esporte
Fred irá de BH ao Rio de bicicleta e doará cestas
Polícia
PF vai investigar vazamento de dados de Bolsonaro e outras autoridades
Saúde
São Paulo tem novo recorde de casos de covid-19
Coronavirus
Marcos Marcello Trad foi notificado a instalar barreiras sanitárias na rodoviária interestadual
Campo Grande
Monza bate em Hilux no Vilas Boas