Menu
Busca Sáb, 30 de maio de 2020
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

Repulsa contra Trad por aumento para ele e vereadores

04 dezembro 2019 - 08h00Por Plantão de Noticias

aprovaram em regime de urgência,  no dia 19 de novembro , reajuste de 4,17% para  300 servidores municipais, entre eles o próprio prefeito e o vice-prefeito que recebem o teto constitucional. Foram 20 votos favoráveis e 5 contrários.

O porcentual é o mesmo concedido aos demais servidores, no final do mês passado. O projeto foi elaborado pela Mesa Diretora a pedido do prefeito Marcos Trad. O ofício com o pedido foi encaminhado no dia 1º de novembro à Câmara Municipal, pois a decisão é de competência do Legislativo. Conforme o presidente João Rocha, o regime de urgência foi escolhido para dispensar a necessidade de duas votações.  Ele não revelou qual será o impacto na folha de pagamento que atualmente gira em torno de R$ 130 milhões por mês.

Guto Escarpanti  38 anos empresário de Campo Grande, disse a Rádiowebms, que  tenta impedir reajuste dado ao prefeito Marcos Trad  desde ao ano passado quando o reajuste era de  30% em 2018. Ele fez manifestação e impediu o reajuste. A ação popular entende que o reajuste é ilegal.

Guto Escarpanti  disse ainda que a medida é inconstitucional porque deveria valer para  a próxima legislatura. O campo-grandense anuncia que ação já tem jurisprudência em Mato Grosso do Sul. Para o autor da ação Civil  o executivo não teria recursos para pagar o decimo terceiro e isso já seria motivo para não ter reajuste.

O outro lado. A assessoria de imprensa da prefeitura de Campo Grande não respondeu a redação sobre a ação  civil contra o reajuste de reposição salarial do prefeito, vice e servidores.

Da redação

RWebnews

CORONA 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Coronavirus
Com ministro interino e sem secretário de Vigilância, coronavírus avança e chega a 70% das cidades do país
Dourados
Jovem de 27 anos é a segunda morte por coronavírus em Dourados
Brasília-DF
Governo nomeia PM indicado pelo centrão para presidência da Funasa
Fronteira
PMR apreende 740 k de maconha
Campo Grande
A sujeira e o abandono de bairros na capital
Dourados
Pichações remetem à necessidade de revolução " por terra, salário e alimento: rebelar-se é justo!"
Movimentos so
Brasília
Crise: Senado aprova linha de crédito para profissionais liberais
Coronavirus
Brasíl tem 1.124 mortes registradas hoje totalizando 27.878 mortes por Covid 19
Câmara dos Deputados Federais
Maia pretende votar MP que reduz jornada e salários o mais breve possível.
Brasíl e Mundo
Hospitais dos EUA têm forte redução no uso da hidroxicloroquina contra coronavírus