Menu
Busca Ter, 23 de julho de 2019
(67) 9.9928-2002
PARALIZAÇÃO

Sem salário há 2 meses, terceirizados do Detran-MS param

Sindicato afirma que retorno às atividades ocorrerá quando pagamentos forem realizados

15 abril 2019 - 15h15

Seguranças terceirizados do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de MS) paralizam atividades na manhã desta segunda-feira (15) em sete municípios de MS. Ao todo, 57 trabalhadores da empresa Disp Segurança nas localidades de Dourados, Ponta Porã, Antonio João, Bela Vista, Coronel Sapucaia, Itaporã e Maracaju estão em greve.

O motivo da paralisação, de acordo com o Seesvda-MS (Sindicato dos Empregados em Empresas de Segurança e Vigilância de Dourados e Afins), seria o atraso no pagamento dos salários há mais de dois meses. Segundo o presidente, Antônio Goes, o problema dos atrasos foi ocasionado porque o Detran-MS não teria feito o repasse à empresa de segurança.

“A empresa alega que não recebeu do Detran-MS e pelo portal da transparência, de fato, isso não ocorreu. Só há a informação de que foi empenhada nota em 12 de março, pelos serviços de fevereiro. E em 9 de abril, referente à março. Esse descaso vem ocorrendo há muito tempo, só o vale-alimentação tem dez meses que a gente não recebe.

De acordo com o sindicato, o retorno às atividades só deverá ocorrer quando os pagamentos forem efetivados. O Sindicato também esteve em Campo Grande na última sexta-feira para solicitar mediação do TRT-MS (Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região). “Estamos no aguardo das partes serem notificadas”, conclui o sindicalista.

A reportagem solicitou posicionamento ao Detran-MS na última sexta-feira, mas até o momento não obteve resposta. A empresa Disp Segurança também foi acionada, mas a atendente informou que a empresa não se posiciona sobre o assunto. Com informações, MS News.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Preso em Campo Grande comerciante que matou o tio a tiros de pistola após cobrança de dívida
Energisa desrespeita consumidor
A "violência" da Energisa atenta contra o direito à dignidade humana
URGENTE!
Celular do ministro Paulo Guedes é hackeado
ECONOMIA
Bolsonaro comemora queda no risco país
Governo quer leilão do 5G até metade do ano que vem, diz Semeghini
Saúde
Escolas de SP terão postos de vacinação para combater sarampo
Amor
Professora cria ‘cãodomínio’ para proteger cães de rua do frio em Buri (SP)
Famosos
Michel Teló participa de campanha de vacinação e revela que pai teve problema de paralisia infantil
Energisa desrespeita consumidor
Energisa : Suspensão indevida e pouco caso com consumidores
Justiça
Mãe é condenada por torturar a filha de 3 anos em Santa Catarina