Menu
Busca Qui, 23 de maio de 2019
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

Solurb ao invés de retirar lixo, pinta sarjetas

Solurb só pinta sarjeta, mas ganha pelo lixo

18 maio 2019 - 10h00

O consórcio Solurb licitado pelo então prefeito Nelsinho Trad e desvendado pela PF como um engodo criminoso, tanto que, foi alvo de diversos processos judiciais e o seu dono de fato está encarcerado. Solurb tem contrato para explorar a coleta, tratamento e depósito do lixo da cidade.

Solurb é dona do aterro sanitário que recebe o lixo de outros municípios, pelo qual também recebe, além de Trad ter dado 20% do ICMS e do FPM de Campo Grande como garantia do pagamento mensal a esse Consórcio que agora já tem mais de 2 bilhões e 700 milhões de reais em contrato com a prefeitura.

"A cidade está com diversos lixões espalhados pela cidade é uma vergonha.", disse um funcionário público que solicitou sigilo da sua identidade.

Enquanto isso Marquinhos Trad e a sua Solurb, gastam dinheiro com propaganda nos veículos de mídia tradicionais, em completa incoerência com a realidade vivida e vista pela população.

A Solurb se dedica a pintar as sarjetas em frente à Base Aerea, enquanto que, a  100 metros do local se forma um enorme lixão em área pública a céu aberto.

Marquinhos Trad defende os interesses do Consórcio Solurb, chegando ao absurdo de criar uma taxa de lixo, que já era cobrada no IPTU, para entregar o dinheiro público ao seu prestador de serviço preferido.

A Solurb se sente inatingível, impune, pois mesmo a PF, Gaeco , MPE, MPF e Judiciário comprou vereadores para afastar o prefeito da época Alcides Bernal, conforme consta nas ações judiciais cíveis e criminais em tramitação no Judiciário, tudo continua na mesma situação.

O contrato firmado por Nelsinho Trad e mantido por Marquinhos Trad já supera a casa dos dois bilhões de reais.

A conivência  ativa e criminosa dos vereadores com a Solurb se comprovou na fraude e corrupção para cassação do prefeito Bernal, em 12 de março de 2014, patrocinada pelos empreiteiros e políticos que advogavam administrativamente para Solurb e, agora, fazem silêncio e apoiam as ações do atual prefeito que defende o questionado dono do contrato que chegou a ser anulado pela Justiça e pelo prefeito anterior.

Empresa que fatura muitos milhões por mês para cuidar do lixo não pode se resumir a pintura de sarjeta e corte de grama.

E a vista grossa dia, mais dia, desnuda a organização existente na capital.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aéreas criticam volta de bagagem gratuita; Idec diz que decisão do Congresso é positiva para o consumidor
Proposta que prevê gratuidade para bagagem de até 23 kg em voos domésticos ainda depende de sanção do presidente da República, Jair Bolsonaro.
INTERIOR
Nova Estação de Tratamento de Esgoto em Dourados deve entrar em pré-operação em junho
AMIZADE FORTE
Para celebrar 30 anos de amizade, idosas fazem tatuagem de ‘copo de cerveja’
FAMOSOS!
Padre Fábio de Melo sofre mal súbito, é levado às pressas para hospital e momento é exposto em vídeo
EXPLORAÇÃO INFANTIL
Crianças em desfile para serem adotadas: o que pode acontecer com elas?
PM tentou atrapalhar investigações sobre o assassinato de Marielle, aponta relatório da PF
INTERIOR
Caçamba que saiu de São Paulo e seguia para Vicentina pega fogo na MS-395 e chamas se espalham pela vegetação
INTERIOR
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil em Itaquiraí
SAÚDE
Em apenas cinco meses de 2019, dengue já matou em MS quatro vezes mais do que em todo 2018
CAPITAL
Polícia faz nova busca em local onde motorista de aplicativo foi morto: 'Foi um crime passional, agressivo e cruel'