Menu
Busca Qua, 23 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Campo Grande

Vereadores da capital reclamam de veículos de comunicação social que denuncíam problemas nos bairros

"Absurdo, esses vereadores viraram as costas para os bairros" disse uma liderança comunitário

01 junho 2020 - 14h41Por Repórter cidadão/ Jota

Próprios assessores de vereadores de Campo Grande manifestaram surpresa por ter ouvido de alguns desses legisladores "chamarem de fake a publicação de reivindicação de melhorias e denúncias de problemas nas comunidades. Depois não se reelegem e vão reclamar". anotou.


 

A população do entorno da Av. Ludio Coelho denuncía a prefeitura de permitir que o canteiro se transforme em deposito de entulhos e lixo.

Av. Ludio Martins Coelho, Campo Grande, MS

Na região do Nova Lima a população está indignada porque a prefeitura deixou de recolher o lixo.


"A  gente fica refém dos mosquitos e de pessoas se escondendo do frio ou procurando alguma coisa. Vou mandar uma foto para publicar." disse moradora que pediu sigilo da fonte.

 

RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Campo Grande tem 28.593 casos e 463 novos óbitos
Paranaíba
Filho que bate em mãe, se dá muito mal.
Brasíl
Nem Moro, Nem Azevedo, Nem Bolsonaro e nem Marito , eles todos não conseguiram dar garantias de segurança na fronteira" disse jornalista paraguaio.
Brasilia
Ao STF, Aras diz que decisão sobre reeleição de comandos da Câmara e Senado é assunto interno
Brasíl
Brasil acumula 4,55 milhões de casos e 137,2 mil mortes por covid-19
Rio Verde de Mato Grosso
Prefeito se envolve em confusão e foi filmado onde um outro homem aparece com arma na mão.
Brasíl
Agência Brasil explica o que é o Sistema S
Brasíl
Trabalhadores nascidos em dezembro recebem hoje crédito do FGTS Pagamento é feito por meio da conta poupança digital da Caixa
Brasíl
Fantástico: incêndio no Pantanal , investigação da PF e imagens de satélite indicam que a tragédia começou em 4 fazendas pertencente ao homem bomba da corrupção em Mato Grosso do Sul
Brasíl
Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%