Menu
Busca Sex, 19 de julho de 2019
(67) 9.9928-2002
BRASIL E MUNDO

A ''MELHOR CHEFE DO MUNDO'' LEVOU SEUS 20 FUNCIONÁRIOS (E SEUS FAMILIARES) PARA A DISNEY

15 abril 2019 - 07h30

Talvez para muitos de nós, quando crianças, um dos maiores sonhos seria conhecer a Disney World. Ao menos essa é uma das constantes justificativas das pessoas que vieram de países onde o visto para entrar nos Estados Unidos é obrigatório, quando agentes imigratórios na hora de validar o visto questionam a razão da visita ao país.

Agora imagine se seu chefe decidisse custear toda sua viagem, e de seus familiares, ao mágico parque do universo criado por Walt Disney? Fantástico, não? Bom, e foi exatamente isso o que Gypsy Gilliam, dona de um restaurante chamado State Farmers Market Restaurant fez.

 

Uma grande surpresa

Ela fechou seu estabelecimento localizado na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, por alguns dias e levou seus 20 funcionários, incluso os familiares do mesmo até Orlando, na Flórida, para conhecer o lugar. Cerca de 53 pessoas puderam desfrutar de tudo o que oferecia o parque temático, tudo por conta da empresária.

Entre os gastos cobertos por Gilliam, segundo o News & Observer, estavam hospedagem, transporte, refeições e ingressos para as atrações. Tudo para dar a seus funcionários as melhores férias de suas vidas. Os colaboradores e seus familiares viajaram até o lugar em um ônibus fretado.

Alguns colaboradores trabalham no restaurante de Gilliam há décadas, enquanto alguns estavam trabalhando no estabelecimento há apenas alguns meses. Mas isso não fez  a menor diferença para empresária, que independentemente do tempo de trabalho no local, decidiu que levaria todos na viagem.

"É um lugar tão feliz e mágico para mim. Eu só queria fazer algo especial para eles", disse Gilliam em entrevista ao The News & Observer.

 

A preparação

Essa viagem está sendo programada pela empresária há alguns meses. Tudo começou durante uma feira estadual, quando ela disse a um dos cozinheiros do restaurante que queria ir para a Disney. Gilliam não visitava o parque há anos. A última vez que ela havia ido até o lugar seu filho era apenas uma criança.

"Eu achava que a Disney World seria perfeita porque funcionária para todas as idades. A maioria nunca foi, e eu queria que eles tivessem essa oportunidade. Ver o puro deleite nos rostos dos adultos e a alegria absoluta das crianças não teve preço.", disse Gilliam.

"Eu não acreditei, chorei algumas vezes. Eu poderia chorar agora. Acho que ela nunca entenderá o quanto somos gratos pelo que ela fez por nós" disse Jasmine Kamel, uma das colaboradoras do restaurante.

Assim como Jasmine, muitos outros colaboradores se disseram muito gratos pelo presente dado por Gilliam. Mesmo que ela já tivesse pago o período de férias de sua equipe, para aqueles que não puderam viajar com eles, a empresária lhes deu um bônus no valor de uma semana de trabalho.

Em mais de duas décadas de funcionamento, essa é a primeira vez que o restaurante fechou as portas para férias. O filho de Gypsy, Tony Gilliam, disse ter ficado surpreso com a decisão de sua mãe.

"Eu pensei que essa era a ideia mais louca que eu já ouvi", disse Tony Gilliam. "Mas ela começou sem nada em sua vida e construiu um negócio realmente bom. Isso vem de ter uma ótima equipe. É um esforço de equipe; ela os ama até a morte. Isso é 150.000%, não sobre ela, é tudo sobre a equipe", concluiu.

Vi na Fatos D.

Liberdade de expressão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Marcos Trad faz gestão de pura maquiagem
Fronteira sangrenta
A eficiência dos policiais paraguaios
Aviação
Avião faz pouso de emergência em praia dos EUA
JUSTIÇA
Governo de MS publica lei que proíbe venda de canudos plásticos
Ministério Público Federal
Procurador sobre a Lava Jato: 'É o momento mais grave'
Campo Grande
Bebê cai, passa mal e morre em unidade de saúde
Viral nas redes sociais
VÍDEO: Conheça Chico, o cachorro ‘demônio’ que destruiu tudo e deixou dona desesperada
POLÍTICA
Bolsonaro pode extinguir Ancine ou tirá-la de ministério
Polícia
Homicida é preso no interior do Paraná
Campo Grande
Trad dispensa Auxiliares Pedagógicos para alunos especiais