Menu
Busca Ter, 14 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
Interior

Até São João vai ficar quieto em Corumbá por causa do Coronavirus.

20 abril 2020 - 16h26Por Plantão das notícias

Com cerca de 98% de queda nos negócios desde o início da chegada do coronavírus ao Estado, o setor de turismo de Corumbá sofre com os reflexos da crise por conta da doença. Um desses efeitos será a suspensão do famoso Banho de São João, tradição única que vem sendo mantida por gerações. Os festejos reúnem milhares de turistas e têm como ponto alto o desfile de andores pela Ladeira Cunha e Cruz para levar a imagem de São João para ser banhada nas águas do rio Paraguai. O cancelamento da festa visa seguir as recomendações do Ministério da Saúde e evitar aglomerações que facilitem a disseminação da covid-19.


No município todos os atrativos turísticos estão fechados, além da rodoviária, aeroporto e a proibição de ônibus e vans na entrada da cidade.

De acordo com a presidente da Fundação de Turismo de Corumbá, Elisângela Sienna Oliva, desde o dia 20 de março, por iniciativa dos próprios empresários, o setor suspendeu as atividades. “Agora na semana passada saiu o decreto da Prefeitura assegurando as medidas de prevenção para conter o a doença”, afirmou. A presidente da Fundação alega que apesar de queda no movimento muitos turistas estão fazendo remarcações das viagens e reservas. “O movimento caiu 98% desde o início da pandemia,mas muitos turistas continuam remarcando graças a Deus. A paralisação afetou desde hotéis até os barcos, todo o setor”, ressaltou Elisângela.


Mesmo assim ela diz que não foram feitas demissões. “Não temos previsão de retorno das atividades, vamos seguir com o decreto, mas felizmente o demissões por enquanto ainda não estão ocorrendo”, acrescentou.

Sem festas – As medidas, segundo a presidente da Fundação visa dar segurança e a saúde a população da cidade e também aos turistas.

A suspensão da festa de São João foi reforçada pelo diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá. “Suspendemos a programação não vamos ter não banho de São João em junho, diante da disseminação da doença. Estamos vendo outras datas, a situação do que vai ocorrer daqui para frente”, enfatizou. 

 

Crédito : Campo Grande news

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl
Justiça determina quebra de sigilo bancário da Backer
Política
Governo vai enviar PL com penas mais rígidas para violência sexual
Saúde
Covid-19: Brasil chega a 72,8 mil óbitos e 1,88 milhão de casos
Brasília
Defesa aciona PGR contra Gilmar Mendes por ministro ter associado Exército a genocídio
Saúde
Crise do coronavírus pode ficar "pior e pior e pior", alerta OMS Reuters Staff
Brasíl e Mundo
Estudante de veterinária levou uma picada da terrível naja tinha outras cobras exóticas
Brasíl
Mulher de Queiroz se entrega e cumprirá prisão domiciliar com marido no Rio
Educação
Bolsonaro nomeia pastor Milton Ribeiro como ministro da Educação
Esporte
Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras
Bolsonaro e Coronavirus
Reabertura precoce transforma Brasília em epicentro da Covid-19