Menu
Busca Sex, 14 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
Politica

Bolsonaro trocou "namoradinha do Brasil" pelo Frias na cultura

20 maio 2020 - 18h00Por Plantão jornalístico

ator e apresentador Mario Frias aceitou o convite para ser o novo secretário Especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro no lugar de Regina Duarte, que deixou o cargo nesta quarta-feira (20) para comandar a Cinemateca, em São Paulo. Aos 48 anos, Frias é defensor das ideias do presidente Jair Bolsonaro e usa as redes sociais para propagar suas convicções.

 
A conversa do presidente com o ator e apresentador ocorreu nesta terça-feira (19) no Palácio do Planalto, durante um almoço. Nesta quarta, os dois conversaram novamente e Mario Frias  aceitou o convite. A nomeação sai nos próximos dias.

Frias terá o desafio de comandar a pasta que mais trocou de titular desde o início do governo, e será o quinto secretário de Cultura do governo Bolsonaro.

No início de maio, o ator participou de uma entrevista na CNN em que reafirmou seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro. "Pro Jair, cara, o que ele precisar eu tô aqui. Eu torço demais pra Regina, eu sou fã dela, mas pelo Brasil eu tô aqui, o que for preciso. Respeito o Jair demais, vejo o Brasil com chance de finalmente ser respeitado", disse o ator. Bolsonaro compartilhou na terça-feira (19), com o título: Mario Frias e a cultura.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte Medida beneficia todos os funcionários do setor
Brasil
Brasil ocupa 4ª posição no primeiro índice iberoamericano sobre Govtec
Geral
Moro vai enfrentar a OAB
Polícia
PF cumpre 36 mandados de prisão em oito estados e no DF
Esporte
Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro Em Salvador, Bahia vence Coritiba por 1 a 0
Esporte
Brasileiro: Atléticos vencem e Botafogo empata na abertura da rodada
Esportes
PSG vence Atalanta no fim e vai à semifinal da Liga dos Campeões
Esportes
Treze abre vantagem sobre rival Campinense na final do Paraibano
Política
Ricardo Barros deputado federal pelo Paraná será o líder do centrão do Bolsonaro
Brasíl
Disputa pelo vice da Fórmula E embola em prova ruim para brasileiros Oliver Rowland vence. Di Grassi, Massa e Sette Câmara ficam em branco