Menu
Busca Sex, 15 de outubro de 2021
(67) 9.9928-2002
Apresentação

Cia Teatral OFIT estreia hoje novo espetáculo no Centro Cultural

03 maio 2018 - 13h16Por Redação Notícias VIP
A Cia Teatral OFIT estreia nesta quinta-feira (3.5), o espetáculo ?Pedra Bruta ? Ensaio para colher o provisório das coisas?, às 20 horas, e segue com apresentações até domingo (6.5) no Centro Cultural José Octávio Guizzo (CCJOG), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS). O espetáculo tem duração aproximada de 45 minutos, classificação indicativa de 14 anos, entrada gratuita e ingressos limitados.

O novo espetáculo da Cia. OFIT é uma mistura de arte e vida, de emoção e entrega, de gatilhos e pulsões. A peça revela um caleidoscópio de situações e angústias que promovem uma exposição direta, engraçada e sensível sobre a intolerância, a juventude e a intensidade dos tempos de agora.

Enquanto a natureza de um grito coletivo é lapidada, o teatro desponta para iluminar a superfície dos olhos e aquele açúcar que fica no fundo. O estado bruto se torna a matéria tanto das pequenas violências cotidianas quanto da capacidade de moldar o tempo que resta. Pedra Bruta é um encontro que estreita a distância entre ator e personagem, entre os silêncios coagidos e as explosões que pairam quando o palco se transforma no instante incontornável para se falar sobre tudo o que poderíamos ser, se o mundo soubesse colher a brutalidade das pedras.

Com direção de Nill Amaral e escrito pelo dramaturgo e colaborador da OFIT há mais de cinco anos, Éder Rodrigues, a peça é originária do projeto ?Amadores ? O que você gostaria de dizer através do teatro e não teve oportunidade?? que no começo deste ano, teve sua desenvoltura através do edital do Fundo de Apoio ao Teatro de Campo Grande (Fomteatro), por meio da Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Campo Grande (Sectur) com apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania (SECC), FCMS, CCJOG e Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) ? Facale Curso de Artes Cênicas.

?Durante o processo de ensaios e preparação do projeto, muitos recortes foram surgindo, inspirados na polarização e nos contextos sociais bastante discutidos na atualidade, como a falta de comunicação, a intolerância, o preconceito. O projeto não teve a conotação de realizar oficina para formar atores, mas o de buscar um diálogo cênico que atravessasse o seu pensamento na construção de uma identidade teatral que só a arte permite?, afirma o diretor Nill Amaral.

Sobre o espetáculo, ele complementa que ?no palco os atores encenam situações que vai da violência ao processo de questionar o próprio estar em cena, em outras palavras, discutir o fazer teatral na nossa atualidade. As cenas se desenrolam a poucos metros do público, no ?foyer? do teatro, pretendendo uma identificação imediata?.

Todo o processo teve mais de quatro profissionais renomados orientando cada passo, desde o figurino aos vídeos/depoimentos elaborados para o espetáculo partiram da premissa inicial: ?O que você gostaria de dizer através do teatro e não teve oportunidade??

Serviço:

Apresentações gratuitas de quinta-feira a sábado (3 a 5.5), às 20 horas, e no domingo (6.5) horário das 18 e 20 horas. Os ingressos devem ser retirados com 30 minutos de antecedência. O Centro Cultural José Octávio Guizzo está localizado na rua 26 de Agosto, 453 Centro (entre a avenida Calógeras e rua 14 de Julho). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3317-1795.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde
Em evento histórico, primeira vacina contra malária é aprovada pela OMS
Educação
Relatório aponta impacto da pandemia na saúde mental de adolescentes
Direito
Hipertensão: Quem possui essa condição pode requerer o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez?
Geral
Facebook, Instagram e Whatsapp têm problemas de acesso nesta segunda
Economia
Ministro defende uso de reservas para capitalizar banco do Brics
Saúde
Ministro chega ao Brasil um dia após testar negativo para covid-19
Brasíl
Eleitores voltam às urnas em 19 cidades para escolha de novo prefeito
Campo Grande
Com ventos de 68 Km/h e 145 mil raios, temporal deixou 13 mil pessoas no escuro
Política
Lei que define sobras de voto em eleições proporcionais é sancionada
Brasília
Senado aprova texto-base de nova Lei de Improbidade Administrativa