Menu
Busca Ter, 27 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
CULTURA

Festival América do Sul terá Martinho da Vila, Daniela Mercury, Roberta Miranda e Criolo

Por Carol Assis
 14ª edição do Festival América do Sul Pantanal (Fasp) começa no dia 24 de maio e contará com shows de Martinho da Vila, Daniela Mercury, Roberta Miranda e do rapper Criolo.

Entre os dias 24 e 27 de maio irão ocorrer, além das atrações nacionais, cerca de 200 atividades culturais desenvolvidas por artistas e personalidades de dez países da América do Sul. Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, além do Brasil estão representados no festival.

Previsto para acontecer em novembro do ano passado, o festival foi adiado para maio deste ano. O show do Criolo já estava confirmado desde o ano passado e a escolha ocorreu devido o desejo da população, que criou uma petição online solicitando a atração no festival.

Os shows de Martinho da Vila, Daniela Mercury e Roberta Miranda ainda não haviam sido divulgados e abrilhantam a programação do FASP.

A programação do FASP foi baseada na audiência pública realizada em Corumbá em 2017. Mais de 40 sugestões foram feitas pela população local. O retorno do evento para o mês de maio, como nas primeiras edições do festival, foi um dos pedidos feitos em audiência pública, assim como o aumento da participação das comunidades de Corumbá e Ladário na pré-produção do festival e um maior espaço para os artistas corumbaenses, ladarenses e das cidades vizinhas bolivianas nas atividades culturais. Corumbá vai irradiar cultura cidadã para todo o continente durante os quatro dias do festival.

 (Com informações Topmídia news)
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Cresce 60% o número de cidades com mais eleitores que habitantes
Lava Jato
"Tive câncer no estômago", diz João Santana, marqueteiro de Dilma e Lula
Campo Grande
Justiça retira Harfouche da campanha para prefeito de Campo Grande
Polícia
PF prende auditor da Receita que jogou notebooks no lixo em operação contra propinas da Qualicorp e da Rimo
Willians Gonçalves Nogueira foi alvo de buscas da Operação Triuno, assim como os fiscais Roberto Augusto Ribeiro e Eli Guedes da Silva
STF
Tese proposta no STF dificulta contratação de advogados sem licitação, diz OAB
Brasil
CMN aprova regulação simplificada para projetos inovadores
Operação Omertà
Ex-guarda municipal é solto, mas com tornozeleira.
Brasília
Embaixadora da Filipina que agredia a empregada doméstica foi obrigada a deixar o Brasil
Campo Grande
Chuva trás velhos problemas da falta de limpeza pública na capital
Campo Grande
Vento forte e princípio de chuva apavora população.