Menu
Busca Sex, 23 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
OLHA QUE LEGAL!

Queniano cria incrível tecnologia que transforma língua de sinais em áudio

13 fevereiro 2019 - 14h15

Roy Allela, de apenas 25 anos e morador do Quênia, queria que sua sobrinha de 6 anos, que nasceu surda pudesse ter as mesmas oportunidades que outras crianças do mundo, apesar de sua deficiência. Roy, que trabalha para a Intel, e alguns professores de Ciência da Informação da Universidade de Oxford, inventaram luvas inteligentes para ajudá-la.

O sonho de Roy é que a menina possa ter formação educacional adequada, conseguir um bom trabalho, assim como qualquer outra pessoa do mundo. Inspirado pela dificuldade que seus próprios familiares tinham em se comunicar com a pequena, uma vez que nenhum deles sabia a língua de sinais, ele então pensou na criação de um dispositivo que facilitasse tudo isso.

As luvas criadas por Roy  convertem os movimentos da linguagem em sinais em áudio. Elas foram chamadas de Sign-IO, e possuem sensores flexíveis costurados em cada um dos dedos das luvas. Tais sensores quantificam a curva dos dedos e processam os sinais.

As luvas são conectadas por Bluetooth a um aplicativo de celular que Roy também desenvolveu, que uma vez processados os sinais, os vocaliza em voz alta. "Minha sobrinha usa as luvas. As usa com seu telefone ou o meu, e eu entendo o que ela está dizendo", disse Roy Allela, em entrevista ao The Guardian.

As Sign-IO foram testadas em uma escola para pessoas com necessidades especiais em Migori, condado rural, no sudoeste do Quênia. Os estudantes que testaram o aparelho ficaram muito impressionados com um dos aspectos do equipamento: a velocidade com que as luvas funcionam.

 

Uma brilhante solução

"As pessoas falam em velocidades diferentes e é o mesmo que as pessoas que usam a linguagem de sinais: algumas são muito rápidas, outras são mais lentas. Integramos isso no aplicativo do celular para que seja confortável para qualquer um que a utilize", afirmou Roy.

Configurações como a língua, o gênero e o tom da voz podem ser escolhidas no aplicativo. A precisão dos resultados chega em aproximadamente 93%, segundo o criador do equipamento. Além de que, os estilos e temas das luvas podem ser escolhidos, variando desde Princesas ao Homem Aranha, por exemplo.

O inventor das luvas agora quer disponibilizar ao menos dois pares destas luvas em cada uma das escolas para crianças e adultos com necessidades especiais do Quênia. Ele acredita que elas poderiam ajudar cerca de 34 milhões de crianças em todo o mundo que sofrem por sua deficiência. Com informações, Fatos Desconhecidos.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana
Saúde
Covid-19: Brasil soma 541,2 mil mortes e vai a 19,3 milhões de casos
Violência
Em vídeo exclusivo, DJ Ivis pede perdão a Pamella e a todas mulheres
Tempo
Ela vem: frente fria vai derrubar temperaturas para menos de 3ºC e causar geada em MS, diz previsão