Menu
Busca Ter, 03 de agosto de 2021
(67) 9.9928-2002
EMBRAER

Acionistas da Embraer aprovam fusão com a Boeing para empresa de aviões comerciais

Do total de votos válidos, 96,8% foram favoráveis à parceria. Próximo passo é obter aval de órgão de defesa da concorrência

26 fevereiro 2019 - 10h45

Os acionistas da Embraer aprovaram em assembleia realizada nesta manhã, em São José dos Campos, a fusão com a americana Boeing para a criação de uma nova empresa na área comercial. A aprovação aconteceu por 96,8%dos votos válidos. A assembleia começou às 10h e terminou as 10h20m. Na abertura da Bolsa, as ações da fabricante brasileira de aviões subiam 1,7%.

Os 96,8% dos votos válidos representam 67% dos acionistas da Embraer que votaram na assembleia ou à distância. A maioria dos acionistas que votaram à distância era de estrangeiros. O quorum mínimo para a realização da assembléia era de 25% dos acionistas.

Compareceram à assembleia pouco mais de 40 pessoas. Durante as discussões representes de acionistas minoritários e dos trabalhadores da empresa se manifestaram contra a fusão, mas foram voto vencido. A assembleia chegou a ser suspensa por liminar na última sexta-feira , mas o Tribunal Regional Federal da 3ª Região revogou a decisão, no fim da noite desta segunda-feira.

A aprovação dos acionistas é o penúltimo passo em direção à criação de uma nova empresa, em parceria com a Boeing. Agora, a fusão terá de passar pelo crivo das autoridades regulatórias brasileiras e americanas para que a NewCo, uma empresa com 80% de capital americano e 20% de participação brasileira, comece, de fato, a operar.

O governo federal, que possui a chamada golden share, uma ação de classe especial que permite vetar o negócio se houver troca de controle ou ameaça à soberania nacional, também já se manifestou a favor.

Parceria para o KC-390
O presidente da Associação Brasileira de Investidores (Abradin), Aurélio Valporto, foi um dos que questionou a fusão durante a assembleia. Ele disse que a assembleia era 'um teatro para dar aspectos formais a uma fraude'. Valporto afirmou que o departamento jurídico da entidade vai estudar como reverter a decisão. 

- É uma derrota para todos os acionistas da Embraer e para o mercado de capitais como um todo - afirmou. 

Valporto esperava a manifestação do governo, no sentido de utilizar a golden share para vetar o negócio. Mas isso acabou não acontecendo.

Embraer e Boeing também chegaram a um acordo sobre os termos de uma segunda joint venture para promover e desenvolver novos mercados para o avião multimissão KC-390. De acordo com a parceria proposta, a Embraer deterá 51% de participação na joint venture e a Boeing, os 49% restantes. O negócio também precisa foi aprovado pelos acionistas.

A liminar que havia suspendido a assembleia havia sido pedida pelo sindicato de metalúrgicos de São José dos Campos, Araraquara e Botucatu, além da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos.

Segundo os sindicatos, o Conselho de Administração, que deu o aval para o negócio em janeiro, não teria poderes para isso, sendo necessária a anuência dos acionistas. Portanto, segundo interpretação dos sindicatos, estaria havendo um "transbordamento de poder".

Além disso, assim como os acionistas minoritários, os sindicatos avaliam que a operação não pode ser entendida como uma fusão, mas sim uma compra do segmento de aviação comercial da Embraer por parte da Boeing, o que esbarraria em restrições legais para a entrada de capital estrangeiro neste segmento de negócios no país.

Os sindicalistas afirmam que como se trata de compra, o governo deveria utilizar o poder de veto, através da golden share, já que há comprometimento do interesse nacional. Com informações, O Globo.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana