Menu
Busca Ter, 04 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
POUPANÇA

Adesão a acordo de planos econômicos fica para o fim de maio

18 abril 2018 - 07h03Por Redação Notícias VIP
Atrasou o cronograma de pagamento dos poupadores que têm direito a ressarcimento por perdas decorrentes dos planos econômicos dos anos 1980 e 1990.

A previsão inicial era que a plataforma digital, por meio da qual os poupadores irão se inscrever e solicitar o pagamento, fosse lançada no início de maio.

Entretanto, devido a atrasos técnicos na elaboração da plataforma, cuja responsabilidade é da Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), o sistema só deverá começar a receber adesões no fim do mês de maio.

A previsão é que a plataforma fique pronta em 30 de abril, mas passará por testes durante as duas primeiras semanas de maio.

Só após o lançamento da plataforma os poupadores poderão fazer a adesão. A previsão é que sejam pagos R$ 12 bilhões aos poupadores, a maior parte deste valor, de 60% a 80%, ainda neste ano.

Em reunião nesta terça-feira (17), em Brasília, ficou combinado que o lançamento oficial será feito em 22 de maio, em evento no Palácio do Planalto, liderado pelo presidente Michel Temer.

Com a ambição de viabilizar uma candidatura governista competitiva para a eleição deste ano, Temer tenta capitalizar o acordo entre bancos e poupadores como um dos feitos de seu governo, que completa dois anos no mês que vem.

A disputa entre poupadores e bancos é a mais antiga em tramitação no Judiciário brasileiro e dura quase 30 anos.

Um acordo mediado pela AGU (Advocacia-Geral da União), homologado pelo Supremo Tribunal Federal em março, estabeleceu parâmetros para o pagamento, o que foi aceito pelas duas partes.

Poupadores que tinham caderneta de poupança durante os planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991) poderão reivindicar ressarcimento por perdas decorrentes do congelamento de rendimentos durante a vigência dos planos.
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vacina
Russia estará pronta com vacinação contra Covid 19, em breve.
Campo Grande
Campo Grande é o epicentro da Covid
Política
Onyx confessa caixa 2 e faz acordo com PGR para extinguir investigação Por Ricardo Brito
Economia
CMN publica resoluções de auxílio a produtores rurai
Brasíl e Mundo
Investigação da promotoria de Manhattan sobre Trump aborda mais do que pagamentos a mulheres Por Karen Freifeld
Vaticano
Vaticano diz que saúde do papa Bento XVI não é “motivo de preocupação”
Saúde
Mais um do Bolsonaro está com Covid 19
Brasíl
Rio de Janeiro tem 13.572 mortes por covid-19, 16 desde ontem Mais de 14 mil pessoas se recuperaram da doença no estado
Campo Grande
Hospital Regional não tem vaga na UTI, saúde está entrando em colapso na capital.
Esporte
Palmeiras passa pela Ponte e está na decisão do Paulista Verdão fará final com arquirrival