Menu
Busca Dom, 16 de maio de 2021
(67) 9.9928-2002
Aneel

Bandeira tarifária amarela requer mais atenção do consumidor no uso da energia elétrica

03 maio 2018 - 13h13Por Redação Notícias VIP
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira tarifária de maio será amarela, ou seja, a conta de energia terá, neste mês, um acréscimo em relação ao valor médio que o consumidor está acostumado a pagar. Isso acontece porque atualmente as condições de geração de energia a partir de diferentes tipos de usinas em operação no Brasil, hidrelétricas e termelétricas, estão menos favoráveis, o que influencia o custo da energia elétrica.

O acréscimo da bandeira amarela é de R$ 1,00 a cada 100 (kWh) consumidos.

Condições de geração

Com o fim do período úmido e a menor incidência de chuvas, os reservatórios das hidrelétricas do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste estão com volumes mais baixos, o que resulta em gradual aumento do risco hidrológico e do preço da energia elétrica de curto prazo, as duas variáveis que determinam a bandeira a ser acionada.

Economia

O hábito de economizar e de utilizar racionalmente a energia elétrica, necessário o ano todo, deve ser adotado ainda com mais atenção. 

Dicas:

Chuveiro elétrico
Tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos.
Geladeira
Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário
Regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções
Nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira
Deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não a utilizar para secar panos
Não forrar as prateleiras
Descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente
Iluminação
Utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo; pintar o ambiente com cores claras
Ferro de passar
Juntar roupas para passar de uma só vez
Separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura
Nunca deixe o ferro ligado enquanto faz outra coisa
Aparelhos em stand-by
Retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências
violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS
Ponte sobre o córrego da Figueira traz segurança a moradores da região do Mané Manco, em Coxim
MS
Alegação de vendas de veículos cresce 16% no Estado, aponta dados do Detran
Política
Produtores rurais de Campo Grande e região participam de manifestação pró-Bolsonaro em Brasília
MS
Rio Verde está na rota de eventos esportivos de aventura da Fundesporte
Falecimento
Eva Wilma morre em São Paulo, aos 87 anos Atriz estava internada desde 15 de abril
Tempo
Domingo de tempo firme e grande amplitude térmica em Mato Grosso do Sul
São Paulo
Bruno Covas perde luta contra o câncer e morre
Tempo e temperatura
MS tem predomínio de tempo seco e calor de 36°C para a região pantaneira
Covid 19
Dezenas de corpos de possíveis vítimas da covid aparecem na Índia
Campo Grande
Moradores de bairros reclamam de sujeira e insegurança em Campos Grande