Menu
Busca Qui, 09 de abril de 2020
(67) 9.9928-2002
REPATRIAÇÃO

Brasil bloqueia US$ 1 bilhão em contas no exterior ligadas à Lava Jato

11 abril 2018 - 08h54Por Redação Notícias VIP
O Ministério da Justiça pediu o bloqueio de contas em bancos estrangeiros, principalmente na Suíça e nos Estados Unidos, totalizando US$ 1 bilhão - cerca de R$ 3,4 bilhões. A maior parte deste montante está relacionada a crimes, como lavagem de dinheiro e corrupção, investigados pela Operação Lava Jato.

O inquérito apurou um modus operandi na movimentação das contas, que geralmente migram de países da Ásia para a Suíça e Estados Unidos, principalmente. Após o bloqueio, a Justiça brasileira pode pedir a "repatriação de recursos", ou seja, a devolução dos valores ao país.

A repatriação depende apenas de que os crimes correspondentes a cada conta sejam julgados no Brasil. O processo, como ressalta o UOL, nem sempre é rápido - mas os réus ficam completamente impedidos de quaisquer movimentações nestas contas.

Entre 2015 e 2017, o governo trouxe de volta ao país US$ 135 milhões - desviados em esquemas de corrupção investigados na Lava Jato. Ainda há sob bloqueio da Justiça do Brasil, US$ 1.03 bilhão - espalhadas em contas congeladas em 14 países, desde 2000.
CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Trad quebrou a região central de Campo Grande, nem árvore aguenta a paradeira do Trad.
Interior
Dourados: Polícia apreendeu " Del Rei maconhado" voando na pista.
Polícia
Casal é preso traficando drogas
Judiciário
Jamil Name não será solto, apesar de pertencer ao grupo de risco da COVID 19.
Corrupção no judiciário
Mais desembargadores estão com medo da Operação Faroeste, diz delator
Brasil
Mega-Sena, concurso 2250, acumulou e pagará 13 milhões
Polícia
Prisão de traficante, recuperação de veículo roubado e apreensão de drogas no interior do MS
Interior
DOF apreende veículo com cigarros contrabandeados do Paraguai
Brasil e Mundo
Falta de exames na Espanha impede número exato de mortes por covid-19
Brasil
Levantamento mostra desigualdade na distribuição de UTIs do SUS em SP