Menu
Busca Dom, 01 de agosto de 2021
(67) 9.9928-2002
ECONOMIA

Corretora de criptomoedas perde US$ 137 milhões após fundador morrer sem compartilhar senha

Mais de 100 mil clientes tinham ativos na QuadrigaCX

05 fevereiro 2019 - 08h30

Após a morte de seu fundador, a QuadrigaCX, maior corretora de criptomoedas do Canadá, está impossibilitada de devolver US$ 137 milhões (R$ 502 milhões) a seus clientes. Isso porque, até onde se sabe, Gerald Cotten morreu sem ter compartilhado com ninguém a única senha de acesso aos recursos.

O caso veio à tona após Jennifer Robertson, viúva do fundador, fazer um pedido de proteção de crédito por não conseguir acessar as carteiras onde está guardado o dinheiro. Cotten morreu em dezembro, na Índia, vítima de uma doença inflamatória intestinal.

Seguindo as mesmas práticas de segurança de outras corretoras, a QuadrigaCX armazenava a maior parte das criptomoedas sob sua gestão em uma carteira que não é conectada à internet. Essa medida tem como objetivo proteger os ativos de ataques hacker. O problema é que Cotten seria o único com a senha de acesso.

De acordo com o site Ars Technica, Jennifer diz ter contratado especialistas para tentar acessar o computador do marido e desbloquear recursos. Ela afirma que um deles chegou a conseguir analisar alguns dos e-mails de Cotten, mas ainda tenta acessar outras contas e sistemas criptografados.

Mais de 100 mil clientes tinham ativos na corretora. Além da quantia, a empresa está impossibilitada de acessar outros US$ 53 milhões (R$ 194 milhões) em decorrência de disputas judiciais com terceiros. Com informações, Época Négocios.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana