Menu
Busca Sáb, 04 de abril de 2020
(67) 9.9928-2002
Estatal

Edital para venda das distribuidoras sairá até dia 11 de abril, diz Eletrobras

09 abril 2018 - 17h57Por Redação Notícias VIP
O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr, informou  que o edital para a venda das seis distribuidoras deficitárias da estatal sairá até a próxima quarta-feira, 11. O leilão será marcado para o dia 21 de maio, informou. Segundo ele, mesmo com as mudanças no governo por conta das eleições, que obrigaram o governo a substituir vários ministros, ele ficará no cargo.

"Eu tenho mandato na companhia e tenho compromissos que preciso resolver na companhia, tenho muita coisa para fazer", afirmou Ferreira Jr a jornalistas depois da posse do ex-ministro do Planejamento e atual presidente do BNDES, Dyogo Oliveira.

Ele confirmou que as seis distribuidoras serão vendidas no primeiro semestre do ano e a data mais provável é que seja no dia 21 de maio. Já a pulverização das ações da Estatal, que ainda depende de autorização do Congresso, ficará para o final do ano.

"A companhia foi criada por lei. Pela lei, o governo tem que acompanhar o aumento de capital, tem que ser aprovado (pelo Congresso) para poder flexibilizar", explicou. O governo precisa da autorização do Congresso para não acompanhar o aumento de capital, que deverá ficar em torno dos R$ 12 bilhões. Se esse valor for confirmado, o governo passará a ter 43%, contra mais de 60% atualmente", informou Ferreira Jr.

Também terá que ser submetido ao Congresso a mudança do atual regime de cotas das usinas hidrelétricas da Eletrobras para o regime de produtora independente de energia, lembrou.

Ferreira Jr disse ainda que com a mudança de data da privatização das distribuidoras, que seriam vendidas no dia 4 de maio, o leilão das 70 participações da Eletrobras e SPEs, que serão vendidas em 17 lotes em 7 de maio, também terá que mudar de data.

O leilão das SPEs na B3, segundo o executivo, ficará para junho. "Era no dia 7 de maio quando as distribuidoras eram no dia 4, agora talvez faça um ajuste e devem ir para junho, em junho ainda com certeza", afirmou.
CORONA 3

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Trad faliu comerciantes da capital
Campo Grande
Prefeito da Capital faz suposta pré-campanha eleitoral e improbidade administrativa ao distribuir cestas basicas.
Brasil e Mundo
Covid-19: Tóquio registra mais de 100 casos em um único dia
São Paulo
Óbitos em São Paulo pelo novo coronavírus triplicaram em uma semana
Coronavirus
Benefício de R$ 600 a informais começará a ser pago semana que vem
Corrupção no judiciário
Desembargador é denunciado por venda de decisão
Política
Maia quer votar orçamento paralelo em dois turnos na próxima semana
Campo Grande
Marcos Trad fecha unidade de Saúde e deixa 6 mil sem atendimento.
Campo Grande
Ruas esburacadas e sem iluminação pública, desanima moradores da Capital.
Campo Grande
Sujeira nos bairros de Campo Grande