Menu
Busca Dom, 08 de dezembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Economia

Fim de impostos a games causará desemprego, diz Zona Franca de Manaus

14 agosto 2019 - 09h00

Enquanto o público gamer torce pela isenção de impostos para jogos e consoles produzidos no Brasil, que na última semana passou pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, nem todos os setores da indústria estão empolgados com a proposta.

De acordo com o site Telesíntese, a Zona Franca de Manaus teme que esses benefícios, se forem expandidos para todo o País, prejudiquem a região. No cenário mais pessimista, a lei pode eliminar 500 empregos diretos e indiretos e cortar a produção de 70 mil unidades de produtos do setor. Quem afirma isso é o consultor da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Saleh Hamdeh.

Hamdeh conta que muitas empresas se instalaram na região por causa dos benefícios tributários para eletrônicos e passaram a fabricar consoles por aqui pela primeira vez — como a Sony e a Flextronics, responsável por fabricar o Xbox para a Microsoft). Outra preocupação inclui o fim da classificação de consoles e jogos na categoria de bens supérfluos. "Não nos parece fazer sentido o uso de instrumento constitucional para regular esse mercado", complementa o consultor.

 

Para onde vai a Zona Franca?

O local passa por dificuldades no setor de indústria, e o governo até estuda uma alternativa, chamada extraoficialmente de Plano Dubai. O TecMundo já contou a trajetória e a situação atual da Zona Franca de Manaus no quadro História da Tecnologia: clique aqui e confira.

Com informações, Tecmundo e Globo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Fake foi estratégia da eleição de Moro
Animais
Cachorro perdido a um ano regonhe seu dono
ENERGISA
Energisa é campeã em desrespeito ao consumidor
Caso Daniel
A Justiça é uma coisa, não confunda, pois Judiciário é outra coisa
Fronteira violenta
A cabeça foi cortada ao meio e estava com as outras partes do corpo no tambor.
Campo Grande
Para vender áreas públicas Trad vai acertar projeto de lei com vereadores
Campo Grande
Trad e seus vereadores vão gastar em propaganda e festas, entre outros fins, remanejam 240 milhões
Campo Grande
Trad e suas taxas para o povo pagar
Fronteira
"Quero a cabeça de meu filho" disse a mãe desconsolada
Inflação
A carne foi o item que mais subiu o preço