Menu
Busca Sex, 15 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
ECONOMIA

Gás chega a custar R$ 90 em MS e sobe dez vezes mais que a inflação

Por Carol Assis
Na hora em que o gás de cozinha acaba, o consumidor de Mato Grosso do Sul sente o quão caro está esse produto. A alta acumulada em um ano já chega a 20%, dez vezes acima da inflação registrada no mesmo período. O preço, que chegou às alturas, obrigou a Petrobras a reduzir duas vezes consecutivas os valores às distribuidoras.

De acordo com a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o gás de cozinha é vendido, na média deste mês, por R$ 75,27 em Mato Grosso do Sul. O menor preço, verificado em Três Lagoas, é de R$ 58. Em Corumbá e Nova Andradina, há o maior valor, de R$ 90.

O preço máximo é 20% superior ao de abril do ano passado. Na época, o gás custava até R$ 75 nos municípios de Mato Grosso do Sul, conforme os dados da ANP.

Os R$ 15 de diferença fizeram com que o estado passasse a ter o sexto maior preço do Brasil, atrás apenas de Mato Grosso (onde o gás chega a custar R$ 120), Pará e Tocantins (ambos com valor máximo de R$ 95), Minas Gerais (R$ 92) e Roraima (R$ 91).

O preço do gás de cozinha tem subido acentuadamente em todo o País. Isso obrigou a Petrobras a reajustar para baixo os valores nas distribuidoras. Os reajustes são trimetrais e as quedas foram de R$ 24,38 para R$ 23,16 no dia 19 de janeiro e para R$ 22,13 em 5 deste mês. A variação é de 9,22% no período.

Mesmo com a queda nas distribuidoras, os preços no varejo continuam alto. A alta de 20% em Mato Grosso do Sul é dez vezes maior que a variação do IPC/CG (Índice de Preços ao Consumidor de Campo Grande), calculado pelo Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais), da Uniderp. No acumulado de 12 meses, a inflação, medida por esse índice, é de 1,96%.

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo
Terremoto na Indonésia mata pelo menos 35, fere centenas
Concurso
Edital Polícia Federal: SAIU! 1.500 vagas na PF! Veja AQUI!
Oportunidade
Com 1.101 vagas, inscrição para vestibular UEMS 2021 vai até 24 de janeiro
Ferrovia
CAF vai financiar projeto de viabilidade da relicitação da ferrovia Malha Oeste
Tempo
Fim de semana será de tempo instável e temperaturas amenas
Colapso
Amazonas decreta toque de recolher devido a covid-19
Dourados
Prefeito Alan Guedes paga só 85% da folha de dezembro dos funcionários.
Municipiis
Frente de prefeitos: há seringas suficientes para começar vacinação
Desemprego
MPT abre inquéritos para avaliar danos sociais do fechamento da Ford
Ms
MS tem seringas e agulhas garantidas para iniciar vacinação contra Covid-19