Menu
Busca Qui, 17 de junho de 2021
(67) 9.9928-2002
COMBUSTÍVEIS

Luiz Fernando Pezão pede escolta para levar combustível ao interior do Rio

28 maio 2018 - 16h42Por Redação Notícias VIP
O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, solicitou à secretaria de Segurança do estado escoltas para as carretas que seguirão para cidades do interior do estado para fazer a distribuição de combustíveis a quartéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. O objetivo, segundo ele, é manter o abastecimento não apenas de veículos da PM e dos bombeiros, mas também de ambulâncias e médicos.

Estamos começando a movimentar carretas para reforçar o abastecimento dos nossos  postos dos bombeiros e da PM nos quartéis que são mais regionais, para apoiar as prefeituras e garantir o deslocamento de ambulâncias e médicos, disse. Pezão informou que será reforçada a entrega de combustível nas cidades de Barra Mansa e Volta Redonda, além de empresas de ônibus.

Mais cedo, o secretário de Segurança do estado do Rio de Janeiro, general Richard Nunes, disse que a necessidade agora é que o combustível chegue a diversos pontos do estado para que médicos, policiais e profissionais de diversas áreas que atendem serviços essenciais possam se deslocar para o trabalho. Ele disse que o trabalho integrado conta com a participação das Forças Armadas, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar, além da Força Nacional de Segurança.

Alimentos
Pezão falou da importância da retomada do abastecimento de alimentos que vêm da região serrana. Pedi ao general Richard para ver se a gente consegue liberar a rodovia Teresópolis-Friburgo para que os caminhões dos produtores rurais possam ser liberados para abastecer a Ceasa, escolas, hospitais e presídios.

O governador informou que as duas reivindicações dos caminhoneiros no estado, que são a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e a substituição tributária no frete, estão sendo atendidas. Na sexta-feira passada (25), foi enviado à Assembleia Legislativa do estado (Alerj) um projeto de lei para que o imposto sobre o diesel no estado seja reduzido de 16% para 12%, equiparando-se a estados vizinhos como São Paulo e Espírito Santo. A votação será amanhã (29) no plenário da Casa.
vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana começa com restrições em 43 cidades do MS; confira o que pode e não pode
Mato Grosso do Sul
Última semana de outono será de tempo firme e temperaturas agradáveis em MS
UEFA Euro 2020
Veja a repercussão dos jornais internacionais do mal súbito de Eriksen em Dinamarca x Finlândia
Campo Grande
Com 43 municípios em risco extremo, começa a valer nova classificação do Prosseguir
Tempo e temperatura
Domingo de tempo firme e temperaturas agradáveis em Mato Grosso do Sul
Geral
5 flores para plantar em junho e deixar seu jardim mais colorido
Mato Grosso do Sul
Secretaria de Estado de Saúde transfere mais quatro pacientes para São Bernardo do Campo nesta sexta-feira
Geral
Ford: R$ 10 milhões pelo ralo diariamente
Octógono
Douglas Lima é dominado por ucraniano e perde cinturão do Bellator
Tempo e temperatura
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados