Menu
Busca Sex, 23 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
Internacional

Mais bebidas, mais telemóveis, mais eletrodomésticos... menos tablets

Por Carol Assis
O sector do retalho (alimentar e não alimentar) fechou 2017 com um volume de vendas de 20,2 mil milhões de euros, o que representa um crescimento de 3,8% face ao ano anterior, indica o Barómetro de Vendas da APED ? Associação Portuguesas de Empresas de Distribuição.

Os números, divulgados no âmbito do APED Retail Summit, que decorreu no Museu do Oriente, em Lisboa, refletem uma subida de 3,9% no retalho alimentar, onde o destaque vai para a categoria bebidas (8,5%), seguida da higiene e limpeza (4,1%) e mercearia (4%).

No retalho não alimentar o desempenho também foi positivo, com um crescimento de 3,8% face a 2016, liderado pelo segmento de equipamentos de telecomunicações (13,8%), onde a APED destaca o crescimento de produtos como auriculares (46,5%), wearables e acessórios para telemóveis e tablets (17,3%) e smartphones (12,1%).

As categorias de entretenimento e de grandes eletrodomésticos cresceram 11,5% e 10,7%, respetivamente. Já a informática protagonizou uma quebra de 0,3%, pressionada pelos tablets (-11,2%)

A quota de mercado da marca própria da distribuição teve uma subida ligeira, de 0,1 pontos percentuais, fixando-se nos 33,4%,

O peso da atividade promocional nas vendas é de 45%, 1,2 pontos percentuais acima de 2016.

Com informações do Expresso
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

China
As sombras depois da retumbante recuperação da China
Internacional
França amplia toque de recolher contra covid-19 Dois terços da população foram atingidos pela medida
Brasil
Receita abre hoje consulta a lote residual de restituição do IR
Política
APÓS 33 DIAS EM CELA COM ESGOTO, CRISTIANE BRASIL DIZ ESTAR POBRE E ANUNCIA QUE LUTARÁ PELO DIREITO DAS PRESAS
Brasil
Imagens mostram Néfi Cordeiro em julgamento realizado na última terça-feira (30) pela da 6ª Turma
Geral
Mega-Sena, concurso 2.311: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio acumula em R$ 38 milhões
Saúde Pública
'É simples assim: um manda e o outro obedece', diz Pazuello ao lado de Bolsonaro.
Brasil e Mundo
Recusa de Bolsonaro à vacina chinesa repercute no mundo
Política
Kassio Nunes afirma em sabatina que podem ser feitas correções na Lava Jato
Brasil
Operação Índia cumpre mandados no DF e em cinco estados