Menu
Busca Qua, 18 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
Juros altos

Mesmo com queda na taxa média em março, juros do cartão de crédito chegam a 323% ao ano, diz Anefac

09 abril 2018 - 09h22Por Redação Notícias VIP
As taxas de juros média das operações de crédito voltaram a cair em março, após terem a primeira elevação em fevereiro, interrompendo 14 quedas seguidas. No entanto, de todas as seis linhas pesquisadas, a do cartão de crédito foi a única que apresentou alta. A pesquisa foi feita pela Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac).

A taxa de juros média geral para pessoa física apresentou redução de 0,41% no mês (0,59% em 12 meses), passando de 7,33% ao mês (133,7% ao ano) em fevereiro para 7,30% ao mês (132,91% ao ano) em março. É a menor taxa de juros desde janeiro.

Segundo a entidade, o resultado pode ser atribuído à redução da taxa básica de juros (Selic) pelo Banco Central, que caiu para 6,5% ao ano no mês passado, à expectativa de nova redução ante uma inflação menor e à melhora no cenário econômico, que reduz a inadimplência.

No entanto, nas operações de cartão de crédito, houve uma elevação de 0,79%, passando de 12,67% ao mês (318,50% ao ano) em fevereiro para 12,77% ao mês (322,98% ao ano) em março. É a maior taxa desde novembro de 2017 (12,89% ao mês ? 328,42% ao ano).

As demais cinco linhas de crédito pesquisadas reduziram as taxas de juros no mês (cheque especial, juros do comércio, CDC-bancos-financiamento de veículos, empréstimo pessoal-bancos e empréstimo pessoal-financeiras) - veja mais detalhes abaixo.

Cheque especial

Houve uma redução de 0,33%, passando de 12,18% ao mês (297,18% ao ano) em fevereiro para 12,14% ao mês (295,48% ao ano) em março. É a menor taxa desde janeiro (12,12% ao mês ? 294,64% ao ano).

Juros do comércio

Houve uma redução de 0,74%, passando de 5,44% ao mês (88,83% ao ano) em fevereiro para 5,40% ao mês (87,97% ao ano) em março. É a menor taxa desde outubro de 2015 (5,35% ao mês ? 86,90% ao ano).

Empréstimo pessoal - bancos

Houve uma redução de 2,37%, passando de 4,22% ao mês (64,22% ao ano) em fevereiro para 4,12% ao mês (62,33% ao ano) em março. É a menor taxa desde janeiro (4,10% ao mês ? 61,96% ao ano).

Crédito direto ao consumidor ? bancos e financiamento de automóveis
A taxa de juros caiu 1,02%, passando de 1,97% ao mês (26,38% ao ano) em fevereiro para 1,95% ao mês (26,08% ao ano) em março. É a menor taxa desde janeiro de 2015 (1,90% ao mês ? 25,34% ao ano).

Empréstimo pessoal - financeiras

A taxa de juros teve redução de 1,07%, passando de 7,50% ao mês (138,18% ao ano) em fevereiro para 7,42% ao mês (136,06% ao ano) em março. É a menor desde janeiro de 2015 (7,40% ao mês ? 135,53% ao ano).

Pessoa jurídica

Das três linhas de crédito pesquisadas, todas foram reduzidas no mês. A taxa de juros média geral apresentou redução de 1,2% no mês (1,47% em 12 meses), passando de 4,16% ao mês (63,08% ao ano) em fevereiro para 4,11% ao mês (62,15% ao ano) em março. É a maior taxa de juros desde agosto de 2015.

Perspectivas

Para a Anefac, ainda que as taxas de juros das operações de crédito continuem elevadas, com a melhora do cenário econômico e o menor risco de crédito, a tendência é que haja redução nos próximos meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde pública em alerta no MS
Campo Grande lidera com muitas mortes confirmadas, mas não há providências do prefeito Trad que nada faz por incompetência
Olha o tamanho do bicho
Essa cobra estava prejudicando fazendeiro. Então, resolveu pegar a bichona.
Justiça
Decisão do TSE põe em risco mandatos de nove deputados de Rondônia
Capital
" Então o governador deveria entregar para cada aluno duas calças Jeans, do jeito que ele quer" comentou a aluna K.S.V.
Tecnologia
Cientistas conseguem gerar energia usando o frio da noite
Famosos
Visita do papai! Viúva de Mr. Catra revela contato espiritual com o marido
Final trágico
Enfermeira grávida de 6 meses morre a caminho do casamento em SP; bebê passa bem
Saúde mental: Psicopata
De assaltante frustrado a autor de furto, Rafael agora é apontado como assassino frio e cruel
Partido Progressistas
Progressistas tem mudanças bruscas no MS
Política
Eduardo Bolsonaro diz que vai processar Facebook e Instagram