Menu
Busca Dom, 20 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Seu dinheiro

Prazo de compensação de cheque de até R$ 299,99 vai cair para um dia

13 abril 2018 - 09h44Por Redação Notícias VIP
A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) anunciou que a partir de 16 abril (Segunda-Feira)  os cheques de valores inferiores a 300 reais serão compensados em um dia útil, e não mais em dois dias.

O prazo para compensação dos cheques inferior a 300 reais fica unificado em um dia útil, permitindo que os valores ingressem na conta de favorecidos mais rapidamente.

"As alterações seguem os esforços do Banco Central de aprimorar os instrumentos de pagamentos, tornando-os mais eficientes e seguros para o usuário, e do setor bancário, sempre comprometido em modernizar e inovar seus procedimentos?, disse o diretor-adjunto de Negócios da Febraban, Walter Tadeu de Faria.

A nova regra também determina que todos os documentos sejam compensados no ambiente da Centralizadora de Compensação de cheques (Compe). As mudanças foram determinadas por circular do Banco Central de novembro de 2017.

Com informações do Época Negócios.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Vizinhos chamam a polícia e três pessoas são presas em flagrante com drogas e munições
Brasil e Mundo
Paulo Borrachinha e Adesanya se encontram no hotel em Abu Dhabi em clima descontraído e aos risos
Brasil
Congresso fará aperfeiçoamento da reforma administrativa, diz ministro
Campo Grande
Ministro do STF, Marco Aurélio, submeteu-se à cirurgia no joelho e já está em casa.
Campo Grande
Covid 19 mata Professor de Educação física e pré-candidato a vereador do Solidariedade
Geral
Dia mundial da limpeza em Campo Grande, passou desapercebido pelo prefeito Marcos Trad
Política
Em Campo Grande veículo da prefeitura pega fogo e coloca população em risco
As chamas consumiram o veículo da GM em frente a escola no Jardim.Anache
Brasil
Secretário de Estado norte-americano chega a Boa Vista Mike Pompeo visitará ainda Colômbia, Suriname e Guiana
Brasil
Bolsonaro diz que país está em fase final de “grande provação”
Brasil
IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto