Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Rio de Janeiro

Prefeitura do Rio concede desconto de 20% no IPTU

Exemplo a ser seguido pelos municípios no Brasil

12 maio 2020 - 08h01Por Plantão/agência Brasil

A prefeitura do Rio de Janeiro concedeu 20% de desconto para quem ainda tem dívidas com o Imposto Predial Territorial Rural (IPTU) deste ano e for pagar o débito à vista. O Decreto 47.421 foi publicado ontem (11) no Diário Oficial do Município e também concede o desconto para quem ainda tem débito da taxa de coleta domiciliar de lixo (TCL).

Para ter acesso ao desconto é preciso não estar inscrito em dívida ativa do município. O pagamento integral deve ser feito até o dia 5 de junho deste ano.

Outra opção para quem ainda não quitou os dois impostos é parcelar o saldo em aberto em até cinco parcelas, com vencimentos de agosto a dezembro deste ano.

Os benefícios podem ser requeridos por meio do portal Carioca Digital (carioca.rio) ou de e-mail disponibilizado no site da Fazenda. Quem for pagar o débito à vista já pode solicitar a guia a partir de 25 de maio. A data de emissão das guias para pagamento parcelado ainda não foi definida.

Edição: Graça Adjuto

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito