Menu
Busca Sb, 17 de agosto de 2019
(67) 9.9928-2002
RECEITA FEDERAL

Quem pode ser dependente no Imposto de Renda?

27 março 2018 - 15h34Por Redação Notícias VIP
Uma das poucas novidades relacionadas ao envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2018 ? ano base 2017 ? foi em relação a dependente, sendo que neste ano passou a ser obrigatório informar o CPF dos dependentes e alimentandos com 8 (oito) anos ou mais completados até 31 de dezembro de 2017.
Até o último ano a obrigatoriedade se dava a partir dos 12 (doze) anos ou mais. Essa mudança se remete a uma constante dúvidas dos contribuintes. Quem pode ser dependente na declaração. ?Um dos principais motivos que levam as pessoas a malha fina são erros relacionados a dependentes, esses vão desde enquadrar quem não pode nessa condição até não enviar todas as informações necessárias?, conta Richard Domingos, diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil.
Ele ressalta que ao inserir uma pessoa em uma declaração, todos os dados referentes a essa deverão constar. Outro ponto é que é necessário ter certeza que essa pessoa não está como dependente em outra declaração. ?Isso ocorre muito em caso de pais idosos, por exemplo, onde dois ou mais filhos declaram esses como dependentes, o que no cruzamento com certeza ocasionará problemas?, explica Domingos.
Quem pode ser dependente:
Companheiro com quem o contribuinte, viva há mais de cinco anos, tenha filho ou que seja cônjuge;
Filho(a) ou enteado(a), até 21 anos ou, em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
Filho(a) ou enteado(a), se ainda estiverem cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, até 24 anos de idade;
Irmão(â), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, de quem o contribuinte detenha a guarda judicial, com idade até 21 anos, ou em qualquer idades, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
Irmão(â), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, com idade de 21 anos até 24 anos, se ainda estiver cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, desde que o contribuinte tenha detido sua guarda judicial até os 21 anos;
Pais, avós e disavós que, em 2016, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até R$ 22.847,76;
Menor pobre até 21 anos que o contribuinte crie e eduque e de quem detenha a guarda judicial;
Pessoa absolutamente incapaz, da qual o contribuinte seja tutor ou curador.
Defesa do Consumidor

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia
Não brinca com mulher " nervuda"
Entretenimento
O mistério do "Homem Tv" que está intrigando as autoridades no EUA
Internacional
Mais de 11 mil pássaros são encontrados mortos nos EUA após tempestade de granizo
Nova Andradina
Na frente da prefeitura carro bate em árvores
Cultura
Dia do Pão de Queijo: conheça a história e aprenda a fazer este quitute mineiro
Enquete
Você acha que os atuais vereadores merecem se reeleger? Participem
Brasil e Mundo
Plantação com 40 mil pés de maconha é encontrada com a ajuda de um drone
Mato Grosso do Sul
Incêndio destrói barracos e vegetação às margens de rodovia: 'Sensação de querer apagar e não poder'
Recife
Caso de jovem escalpelada é 'dramático', diz microcirurgião de Houston
Bolsonaro
O presidente gastou mais de 200 mil para ir à futebol