Menu
Busca Sáb, 19 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
IRPF

Receita Federal alerta para fim do prazo de entrega do Imposto de Renda

27 abril 2018 - 10h56Por Redação Notícias VIP
Daqui a três dias termina o prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda (IRPF) 2018. Quem não declarar até a próxima segunda-feira (30) terá problemas com a Receita Federal.

Perder o prazo de entrega ou não prestar contas com o Fisco podem render punições que vão desde o pagamento de multa a restrições no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) . 

Último balanço divulgado pela Receita Federal indica que já foram entregues 19.888.169 declarações. A expectativa do supervisor nacional do IR, Joaquim Adir, é que 28,8 milhões de contribuintes enviem o documento até o fim do prazo.  Mas e quem não declarar?

Multa

A Receita alerta que os contribuintes que perderem o prazo estarão sujeitos ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido. O contribuinte tem o prazo de 30 dias, a partir da entrega em atraso, para efetuar o pagamento.

CPF bloqueado

Quem não prestar contas ainda terá pendências no Cadastro de Pessoas Físicas. Na prática, o contribuinte com CPF pendente de regularização não pode, por exemplo, fazer empréstimos, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel, tirar passaporte e até mesmo prestar concurso público. Além disso, ainda pode de ter problemas para movimentar conta bancária.
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça determina que deputada Flordelis use tornozeleira eletrônica
Brasil
Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax
Brasil
Ministro Benedito Gonçalves contrai Covid-19, informa assessoria do STJ
Cultura
É pecado sonhar?
Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19
Meio Ambiente
Nuvem de fumaça provocada por queimadas no Pantanal chega ao céu de São Paulo
Brasil
Fumaça do Pantanal faz avião de Bolsonaro arremeter em MT
Três Lagoas
Fogo destrói vegetação, floresta de eucalipto e interdita rodovia em MS
Brasil
Tite convoca a Seleção Brasileira para a estreia nas Eliminatórias
Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.