Menu
Busca Sex, 18 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
ECONOMIA

Rombo das contas públicas é o maior para meses de março em 22 anos

Por Carol Assis
As contas públicas tiveram no mês passado o pior desempenho para meses de março em 22 anos, quando começa a série histórica, divulgou o Tesouro Nacional nesta quarta-feira (25). O déficit primário (receitas menos despesas antes do pagamento de juros) foi de R$ 24,8 bilhões em março, um crescimento real (descontada a inflação) de 115,3% na comparação com o mesmo período de 2017. 

No mês passado, o déficit do Regime Geral de Previdência Social somou R$ 20,1 bilhões, montante 50% maior do que o registrado no mesmo mês de 2017. O resultado também foi influenciado pela antecipação de pagamentos de valores decorrentes de decisões judiciais (precatórios), que no mês passado somaram R$ 9,5 bilhões. Mesmo sem esse pagamento, entretanto, o rombo totalizaria R$ 15,3 bilhões, ainda o maior da série para o mês. 

RECEITAS E DESPESAS

A receita líquida de transferências a Estados e municípios teve queda de 0,6% na comparação com março de 2017. Nesta terça (25), a Receita Federal informou que o crescimento da arrecadação se desacelerou em relação ao desempenho de janeiro e fevereiro, acompanhando o ritmo mais lento do que o esperado da retomada da economia.

Já as as despesas, influenciadas pela alta dos gastos com a Previdência e despesas com pessoal, subiram 12,6% na mesma comparação. No acumulado em 12 meses, o déficit acumulado é de R$ 119,5 bilhões. A meta para o ano é de um déficit de R$ 159 bilhões.O Tesouro ainda informou que os investimentos totalizaram R$ 5,4 bilhões em março, um crescimento de 90,1% na comparação com o mesmo período do ano passado. Com informações da Folhapress.
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19
Meio Ambiente
Nuvem de fumaça provocada por queimadas no Pantanal chega ao céu de São Paulo
Brasil
Fumaça do Pantanal faz avião de Bolsonaro arremeter em MT
Três Lagoas
Fogo destrói vegetação, floresta de eucalipto e interdita rodovia em MS
Brasil
Tite convoca a Seleção Brasileira para a estreia nas Eliminatórias
Geral
Do outro lado do balcão De ex-juiz Federal a ex-ministro da Justiça, agora Sergio Moro é o mais "jovem" advogado do Brasil.
Saúde
Uma de 7 infecções de Covid-19 relatadas ocorre em profissionais de saúde, diz OMS
Brasíl
Marco Aurélio suspende inquérito que apura suposta interferência na PF
Brasíl
829 mortos por Covid 19 e 36.330 novos casos de contaminados
STF
COVID NOS PRESÍDIOS Fux renova Recomendação 62 por 6 meses e restringe alcance