Menu
Busca Seg, 14 de outubro de 2019
(67) 9.9928-2002
Justiça

TIM pagará multa de R$ 1,5 milhão e ressarcirá clientes por propaganda enganosa

Empresa foi condenada por reduzir velocidade de internet de planos após o fim da franquia que era apresentada como ilimitada

09 outubro 2019 - 13h00Por Olhar Digital

A TIM deverá pagar uma multa por publicidade enganosa relacionada a um caso aberto desde 2012. A empresa teve um recurso negado pelo Supremo Tribunal Federal, e agora deverá arcar com os custos da condenação em caráter final. A empresa foi julgada culpada de prometer internet 3G ilimitada em planos que, tinham, sim, uma franquia limitada.

A ação reclamava especificamente das peças publicitárias que mencionavam os planos “TIM Ilimitado” e “TIM Liberty”. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) havia definido em segunda instância que o uso dos termos “ilimitado” e “liberty” reforçavam a ideia de navegação sem restrições, quando, na verdade, a velocidade da internet móvel era severamente reduzida ao atingir uma determinada franquia.

Com o recurso rejeitado no STF, a TIM deverá pagar uma multa por dano moral coletivo de R$ 1 milhão, definida em 2016. Os ministros do STF também definiram uma multa de 5% do valor da causa, de R$ 500 mil. O total de R$ 1,5 milhão será revertido para o Fundo de Defesa do Consumidor do Distrito Federal.

A Justiça também determinou que os consumidores que precisaram pagar valores extras pela redução de velocidade de internet ou que tiveram que pagar multas por questão de rescisão contratual devido à qualidade do serviço terão direito ao ressarcimento. Com informações, Olhar Digital.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Tufão Hagibis causa dezenas de mortes no Japão
Jogo de ontem
Zagueiro Marquinhos reconhece atuação ruim da seleção em Cingapura
Interior
Ao sair de festa, jovem é abordado por 10 rapazes e esfaqueado em Aquidauana
Polêmica nas redes sociais
Eduardo Bolsonaro ironiza sigla LGBT em camiseta
Caixa das laranjas
Notas fiscais reforçam a suspeita de caixa 2 na campanha do PSL de 2018
Campo Grande - sem efetividade
Trad não consegue evitar aumento de acidentes
Justiça
Justiça determina que governo contenha avanço de óleo em Sergipe
Interior
Três moradores em Guia Lopes são mortos e um é ferido na boca em possível tentativa de latrocínio em Corumbá
Internacional
Mercosul e Prosul apoiam governo do Equador e pedem fim dos protestos
Capital
Semana começa com calor de 40°C e chuva em todas as regiões de MS