Menu
Busca Sáb, 31 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
CLÁSSICO DO CINEMA!

7 FATOS MAIS MISTERIOSOS SOBRE O TITANIC

23 janeiro 2019 - 17h37

O naufrágio do Titanic é com certeza um dos maiores acidentes marítimos e um dos mais memoráveis. Mesmo tendo ocorrido há mais de um século, ainda hoje o naufrágio do maior navio até então é relembrado. Muito se fala, se especula a respeito. O fato de um filme relatar o acidente, também ajudou para que ele ficasse preso na memória.

O acidente que ocorreu em 1912, completa 107 anos em 2019. Mas ainda não se sabe tudo o que poderia saber sobre o ocorrido. Na verdade, há histórias que muitos desconhecem. Relatos misteriosos que quase nunca ganham a mídia. São outras partes da história do Titanic.

Conheça agora alguns desses fatos misteriosos sobre o Titanic.

 

1 - Sapatos no fundo do oceano

Desde que o desastre aconteceu, algumas expedições foram explorar o local do naufrágio. Foi durante essas explorações que pares de sapatos e outros pertences foram encontrados. Como você pode ver, os sapatos estão bem próximos. Isso porque provavelmente era ali que uma das vítimas estava. Os restos dos corpos não foram encontrados porque na profundidade em que estavam, se dissolveram rapidamente. Por isso, apenas pertences foram encontrados. Não há nenhum vestígio de restos mortais.

 

2 - Confirmação de que o navio se partiu em dois

Muitos podem não saber, mas entre o acidente e a descoberta dos destroços houve um grande espaço de tempo. Foi apenas 73 anos depois do naufrágio que a carcaça do navio foi encontrada no fundo do mar. Só quando os destroços foram encontrados é que se confirmou que o navio havia se partido ao meio. Isso porque muitos dos sobreviventes não viram exatamente como o navio afundou, mas juravam que ouviram várias explosões e que ele havia se partido. Ainda assim, deram prioridade para a fala do segundo oficial do RMS Titanic, White Star Line, que disse que o navio havia se afundado intacto.

 

3 - Cada coisa em seu lugar

Algo surpreendeu aos pesquisadores, algumas coisas e pertences perdidos no navio estão exatamente onde foram deixados. Por exemplo, o passageiro da primeira classe, Henry Harper, deixou seu chapéu no armário. Ao lado de seus casacos. Mesmo após o navio afundar, o chapéu permanece no mesmo lugar, em sua cabine. Outra coisa que surpreende é um copo de água e uma garrafa de vidro que estão no suporte, exatamente como foram deixados. Isso aconteceu porque a pessoa que estava bebendo a água, provavelmente deixou o copo mais cheio e isso evitou que ele flutuasse quando navio afundou.

 

4 - A chave que poderia ter evitado o naufrágio

Muito recentemente uma chave que pertencia ao Titanic, foi levada a leilão. Era a chave do armário onde estavam guardados os binóculos. O que acontece é que essa chave não estava a bordo. O dono da chave foi retirado da embarcação, pouco antes de partirem. No meio da pressa com a mudança, o dono da chave esqueceu de entregá-la para seu substituto. Os vigias então precisaram vigiar possíveis obstáculos a olho nu, sem a ajuda dos binóculos, que poderiam ter ajudado a alertar sobre o iceberg mais cedo.

 

5 - O violino

Uma das cenas mais marcantes e emocionantes do filme é quando os violonistas decidem ficar e tocar. O líder dos músicos, Wallace Hartley, tocou o hino "Nearer My God to Thee" na esperança de acalmar os passageiros. O corpo do homem foi recuperado duas semanas depois, com seu violino amarrado ao corpo. O instrumento, que foi um presente de noivado dado pela noiva, tinha a gravação: "Por Wallace, por ocasião de nosso noivado de Maria". O instrumento foi então devolvido a sua noiva.

 

6 - A foto do iceberg

O naufrágio do Titanic aconteceu entre a noite de 14 de abril e a manhã do dia 15, em 1912. Acontece que também no dia 15 de abril, o transatlântico SMS Prinz Adalbert percebeu algo estranho em um iceberg próximo. Havia uma mancha no iceberg, como se algo tivesse raspado a estrutura. Eles então fotografaram o iceberg. No entanto, ninguém da tripulação sabia sobre o acidente do Titanic. Quando souberam do acidente, enviaram a foto e uma nota informando sobre o ocorrido.

 

7 - Exercício de emergência

Justamente no dia 14 de abril, o dia em que o navio atingiu o iceberg, haveria um exercício de emergência com botes salva-vidas. No entanto, por algum motivo desconhecido, o Capitão Smith cancelou o exercício. Caso o mesmo tivesse ocorrido, provavelmente muitas pessoas teriam sobrevivido, já que conseguiriam seguir o protocolo e saberiam de todo o procedimento ao carregar os botes.

 

 

 

fonte:fatosdesconhecidos

vacina sim

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana