Menu
Busca Sáb, 31 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
FAMOSOS

Ana Paula Padrão relata preconceito na carreira: 'Me senti humilhada'

Apresentadora também conta como foi a decisão de deixar o jornalismo para comandar o reality 'Masterchef'

09 fevereiro 2019 - 16h15

Ana Paula Padrão trabalhou como repórter, correspondente internacional, editora e âncora na Globo, SBT e Record, calculou os riscos e refletiu bastante antes de dar um salto na carreira e aceitar o convite para apresentar a edição brasileira do "MasterChef".

"Comecei a achar que eu estava trabalhando num negócio velho e que jornal com hora marcada tinha deixado de fazer sentido. Eu queria fazer coisas novas, ter experiências diferentes - ainda que fossem no jornalismo. No entanto, quando você é aprovada numa função é muito difícil sair dela. Você começa a virar escrava do sucesso que você alcançou. Não foi simples deixar a bancada", afirmou a apresentadora ao portal 'TV e Famosos', do UOL.

Felizmente, a aposta na mudança deu certo. O 'Masterchef' é hoje um sucesso, cativando o público e os anunciantes.

Durante a entrevista ao UOL, Ana Paula também narrou duas situações em que sofreu preconceito durante a carreira: quando uma editora disse que ela seria "um pouco frágil" para fazer a cobertura da queda de um avião e também quando colegas de profissão repreenderam seu desejo de trabalhar no Afeganistão.

"Na hora senti uma vergonha, sabe? Falei 'nossa, estou pagando o maior mico aqui, né?'. Eu querendo fazer uma coisa impossível... Eu me senti humilhada. Me senti envergonhada, sabe? Me senti envergonhada de ter este tipo de expectativa", revelou.

No entanto, a jornalista disse que este pensamento durou pouco e ela logo sentiu uma "raiva". "Eu falei, eles vão engolir. Eu vou entrar lá, vou fazer um monte de matéria bacana, vou sair de lá em segurança e eu vou botar estas matérias no ar. Foi isso que aconteceu", afirma Ana Paula. Com informações, Notícias ao Minuto.

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mato Grosso do Sul
Inscrições prorrogadas para a segunda edição do Prêmio Inova
Oportunidade
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
Brasília
PP não vai aceitar filiação de Bolsonaro
Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana