Menu
Busca Sex, 26 de fevereiro de 2021
(67) 9.9928-2002
MUNDO DIGITAL

Google Assistente agora tem 'modo intérprete' para tradução em tempo real

IA oferecerá suporte para 27 idiomas

16 janeiro 2019 - 11h20

Um novo recurso desenvolvido para o Google Assistente vai permitir usar a Inteligência Artificial da gigante das buscas para traduzir uma conversa entre duas pessoas em tempo real. O “modo interpreter” foi anunciado durante a CES 2019 e é mais uma tentativa do Google de facilitar o dia-a-dia de quem não domina mais do que o próprio idioma.

O Google Tradutor é um serviço realmente funcional e, com o passar dos anos, se tornou extremamente preciso. Contudo, estamos falando de uma plataforma de tradução voltada para a web e que foi muito bem desenvolvida também para o uso em smartphones. Porém, quando se trata da entrada de dados via voz, o Google Tradutor ainda precisa de muito treinamento para ficar bom.

O mesmo acontece com o reconhecimento de voz pelo Assistente Inteligente da Google, quem usa o recurso no celular sabe que, muitas vezes, o software não entende o que foi dito e acaba confundindo mais do que ajudando.

Mesmo sabendo destas limitações, o Google lançou o modo intérprete para uso nos seus alto-falantes inteligentes. O funcionamento é bem simples. Ao dar o comando “Hey, Google, me ajude a falar alemão” ou  “Hey, Google, seja meu intérprete de alemão”, o Assistente passará a traduzir a conversa.

Visto que já é possível configurar até dois idiomas para uso do Google Home, por exemplo, não é necessário informar qual será a segunda língua, basta apenas falar o que se deseja e o assistente irá reconhecer o segundo idioma de forma automática. Até o momento, o modo intérprete oferecerá suporte para 27 línguas, entre elas o português.

O pessoal do The Verge testou o recurso e, como era de se esperar, a experiência ainda é precária. Além de não conseguir entender algumas palavras, o assistente precisa de muito mais tempo para processar os dados do que precisaria um intérprete profissional humano. Mais do que isso, como só existem duas pessoas se comunicando com o auxílio de uma máquina, a situação é constrangedora.

 

Assista ao vídeo abaixo e tire as suas próprias conclusões:

Em 2017, o Google anunciou os Pixel Buds, os fones de ouvido foram desenvolvidos para traduzir uma conversa em tempo real. Eu tive a chance de testá-los e confesso que, apesar da ideia ser ótima, o funcionamento ainda deixa muito a desejar. Logo, ter uma conversa traduzida pelo Assistente, neste momento, não deve realmente ser muito melhor. Porém, essa é mais uma forma da gigante das buscas treinar a sua inteligência artificial.

Por enquanto, o modo intérprete estará disponível apenas para o Google Home Hub e deve chegar para o Google Home e Home Mini nos próximos meses. Parceiros do Google que utilizam o Assistente em seus produtos, como a JBL, também deverão receber o recurso nos próximos meses. Contudo, a Google ainda não revelou se esta novidade irá ou não chegar ao Assistente nos smartphones.

E enquanto a tecnologia ainda está sendo desenvolvida, meu conselho é usar o bom e velho método: aprender novos idiomas!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte:olhardigital

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Caso contra Beckenbauer prescreveu, diz comitê de ética da Fifa
Doadores de sangue
Hemosul precisa com urgência de doadores de O negativo
Interior
Antônio João: Investimento em esgotamento sanitário foi de R$ 4,2 milhões
Política
Projeto do Estado que destina recursos não resgatados do Nota Premiada para habitação é aprovado na Assembleia
Tributo
Governo do Estado congela pauta fiscal da gasolina e garante economia ao consumidor
Mato Grosso do Sul
Prosseguir: MS tem 31 municípios na bandeira vermelha, incluindo a Capital
Covid 19
Em apenas 24 horas, MS registra mais de mil novos casos de coronavírus
Saúde
Ainda pouco conhecida, síndrome rara pode atingir jovens e crianças com Covid-19
Tempo e temperatura
Quarta-feira de tempo claro e máxima de 37°C no Estado
Agricultura Familiar
Semagro firma convênio com a Caixa para orientar agricultores na contratação do Pronaf