Menu
Busca Seg, 16 de setembro de 2019
(67) 9.9928-2002
JUSTIÇA

Homem que matou Rafael Miguel tem prisão decretada pela Justiça

Paulo Cupertino Matias ainda não foi encontrado. Agora, ele é considerado foragido da Justiça

13 junho 2019 - 10h00

Na noite dessa terça-feira (11/06/2019), a Justiça decretou a prisão temporária de Paulo Cupertino Matias, assassino do ator Rafael Miguel, de 22 anos, e dos pais dele, João Alcisio Miguel, de 52, e Miriam Selma Miguel, de 50. Assim, o homem agora é considerado foragido.

No mesmo dia, a polícia fez buscas em mais de 15 endereços para tentar encontrar o comerciante, de 48 anos. Ainda na terça, a polícia localizou o carro usado pelo criminoso para fugir do local onde cometeu o crime.

O veículo foi encontrado na Avenida Batista Maciel, no Jardim Pedreira, próxima à Estrada do Alvarenga, na zona sul de São Paulo. Matias segue procurado pelos agentes.

 

O crime
Rafael Miguel foi assassinado a tiros em São Paulo. O pai e a mãe do jovem, João Alcisio Miguel, 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50, também foram executados. O sogro de Rafael é o principal suspeito. Ele teria fugido e segue procurado pela Polícia Civil de São Paulo, que investiga o caso.

Os três teriam ido até a casa de Isabela para conversar sobre o relacionamento dos dois. A jovem fez uma breve publicação no Stories do Instagram. “Estou bem, dentro do possível”, escreveu.

 

Com informações, Metrópoles.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caso raro!
Um redemoinho de fogo assustou produtores rurais na região rural de Santa Helena de Goiás
Economia
Preço do petróleo sobe após ataques na Arábia Saudita
Campo Grande
É o civismo pré-campanha eleitoral dos Vereadores da capital.
Sequestro
Pai pede para segurar bebê e sequestra criança em praça em MS
Interior
Fogo atinge fazenda de Bodoquena e avança em direção à área urbana
50 TIROS
Casal e criança são mortos com cerca de 50 tiros, em Ponta Grossa
Política
Bolsonaro fala sobre julgamento envolvendo autor de facada
Briga causada pelo dinheiro
MS: Homem que matou amigo por causa de moai vai para prisão domiciliar com tornozeleira
Política
Deputado banca bebida alcoólica com dinheiro público
15MIL
Adolescentes fingem ser clientes para roubar R$ 15 mil em joias