Menu
Busca Sex, 10 de julho de 2020
(67) 9.9928-2002
bbb

Jaqueta de grife" Interpretando papel" Verdades e mentiras sobre Kaysar

11 abril 2018 - 16h07Por Redação Notícias VIP
Os fãs do Big Brother estão desde o começo falando sobre Kaysar, o participante que veio da Síria para procurar refúgio no Brasil, fugindo da guerra. De favorito absoluto ao prêmio, o brother passou a suscitar dúvidas quanto a veracidade do que fala. Tem gente o acusando de interpretar um papel, outros dizendo que ele está mentindo quanto a ser pobre (ele contou que trabalhava de garçom e precisa do prêmio para trazer os pais de Alepo, na Síria, para o Brasil). 

Para esclarecer alguns pontos, o UOL foi conversar com Nassib  Abage, primo do sírio e quem o acolheu quando ele chegou ao Brasil. 

Uma das últimas polêmicas é com relação a uma jaqueta encontrara por Paula. De acordo com a sister, a peça é da marca Dolce & Gabbana e custaria cerca de R$ 10 mil. Como alguém que trabalha como garçom pode pagar por uma roupa tão cara? Abage explica que a jaqueta é, na verdade, uma réplica comprada por ele para Kaysar. 

"Fui eu que comprei. Não é jaqueta de grife, é réplica. Eu paguei R$ 236. Toda roupa dele, eu compro. Comprei em Curitiba, no outlet. É uma cópia da original, não é verdadeira."

Ele ainda conta que a família do brother não é rica. Eles possuem uma casa simples em Alepo, de três quartos. Os pais ainda moram na residência, enquanto a irmã está com uma tia no Líbano, onde foi por ter medo de ser estuprada. O primo explica que os pais de Kaysar não saíram da Síria por três motivos: "falta de condições financeiras, porque o governo está impedindo que as pessoas saiam da cidade e eles não querem abandonar a pequenina casa que têm, é a única coisa que sobra para eles". 

Alguns internautas acusaram Kaysar de estar "se fazendo de coitadinho" ao contar que perdeu uma namorada na guerra. Sobre isso, Abage revela que ""Ele não só perdeu uma namorada na guerra. Ele perdeu uma avó e o maior e melhor amigo que ele tinha em Alepo".

Outro ponto é se Kaysar passou ou não fome antes de vir para o Brasil. Apesar da família dele morar em um ponto de classe média, o brother foi para a Ucrânia e foi lá que ele enfrentou períodos de dificuldade. 

"Quando ele chegou lá, ficou completamente perdido porque não tinha para quem apelar. Ele foi trabalhar de gari, garçom, limpador de casas, qualquer bico que aparecesse, ele fazia. Dormiu um bom tempo embaixo da ponte, depois passou fome na Ucrânia. Isso não é conversa, não é teatro", diz o primo. 
RACISMO NÃO!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasíl
Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 10 de julho, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 8h)
Campo Grande
Trad remaneja 70 milhões de reais com conivência dos vereadores
Saúde
ESPECIAL-Bolsonaro aposta em "cura milagrosa" para salvar o Brasil, e própria vida, da Covid-19
Política
Maia diz que é grave Bolsonaro tratar de hidroxicloroquina e que políticos não devem recomendar remédios
Política
Ministro pede investigação da PF com base na Lei de Segurança Naciona
Polícia
Força tarefa da federal cumpre ordens judiciais contra executivos das lojas Ricardo
Brasíl
Bolsonaro veta obrigação do governo em oferecer água, produtos de higiene e leitos a indígenas
Saúde
Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus
Saúde
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19
Políciais Federais
Justiça nomeia peritos para conferir serviços de hospitais de campanha