Menu
Busca Sex, 14 de agosto de 2020
(67) 9.9928-2002
Entretenimento

PM que se vestiu de Batman: “Comandante também ficou feliz”

Após vídeo em que busca a filha na escola viralizar, Jonas de Paula ficou preocupado com repercussão. Mas todos levaram no bom humor

16 outubro 2019 - 13h13Por Metrópoles

Jonas do Araguaia de Paula, 44 anos, não esperava o sucesso que fez na internet por buscar a filha de 16 anos em uma escola particular de Goiânia (GO) vestido de Batman, na última sexta-feira (11/10/2019). “Não imaginei que daria essa repercussão. Que bom que a gente fez alguém feliz”, disse ao Metrópoles.

O momento ganhou as redes sociais e, até agora, o vídeo acumula mais de 1,7 milhão de visualizações e supera 154 mil curtidas. No entanto, o sargento da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) ficou preocupado com a repercussão no seu local de trabalho. Jonas está lotado no 19º BPM, que cuida da área de São Sebastião e do Complexo Penitenciário da Papuda.

“A gente preserva muito pela imagem, pela postura. Fiquei com muito receio. São 23 anos de Polícia Militar”, explicou. Para o alívio de Jonas, a reação dos colegas de farda também foi positiva. “Meus amigos de quartel ficaram felizes. Meu comandante também. Ele disse que eu era um ‘paizão'”, conta com um sorriso no rosto.

A ideia inicial do militar e da esposa era surpreender o filho, Calebe de Paula, de 4 anos, e os colegas de classe na comemoração de Dia das Crianças da escola.

A surpresa, no entanto, quase não aconteceu. “Na quinta, desisti de comprar a fantasia por ser um pouco cara. No dia seguinte, continuei pensando naquilo, porque ele [o filho] gosta muito de super-herói”, revela. “Consegui a fantasia do Batman em cima da hora”, completa o PM.

 

Vergonha

“Foi muito gratificante ver aquelas crianças achando que eu era mesmo super-herói”, disse o policial militar, que já estava feliz com a reação da garotada e nem imaginava que faria mais sucesso com a fantasia.

O momento que viralizou nas redes sociais foi Jonas buscando Rebeca de Paula na escola. “Perguntei para minha esposa se eu ia daquele jeito, vestido de Batman, e ela disse que sim. Fiquei esperando minha filha. Quando a vi do lado de fora, saí do carro e pulei na frente dela”, lembra.

Segundo Jonas, a adolescente ficou com tanta vergonha que chegou a voltar para dentro do colégio. Ele foi atrás e começou chamar a menina de Alerquina, a vilã e namorada do Coringa, inimigo do Batman. Alguém que estava no local gravou a cena e postou nas redes sociais.

Rebeca só deixou a vergonha de lado quando percebeu a reação positiva nas redes sociais. “Ela foi ficando feliz porque o vídeo estava sendo muito curtido”, destaca. Segundo informações, Metrópoles.

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Senado aprova auxílio de R$ 600 para trabalhadores do esporte Medida beneficia todos os funcionários do setor
Brasil
Brasil ocupa 4ª posição no primeiro índice iberoamericano sobre Govtec
Geral
Moro vai enfrentar a OAB
Polícia
PF cumpre 36 mandados de prisão em oito estados e no DF
Esporte
Atlético-GO supera Flamengo, que continua sem pontuar no Brasileiro Em Salvador, Bahia vence Coritiba por 1 a 0
Esporte
Brasileiro: Atléticos vencem e Botafogo empata na abertura da rodada
Esportes
PSG vence Atalanta no fim e vai à semifinal da Liga dos Campeões
Esportes
Treze abre vantagem sobre rival Campinense na final do Paraibano
Política
Ricardo Barros deputado federal pelo Paraná será o líder do centrão do Bolsonaro
Brasíl
Disputa pelo vice da Fórmula E embola em prova ruim para brasileiros Oliver Rowland vence. Di Grassi, Massa e Sette Câmara ficam em branco