Menu
Busca Sáb, 24 de julho de 2021
(67) 9.9928-2002
FAMOSOS

Rihanna busca água e carrega areia para ajudar a construir hospital no Malaui

12 fevereiro 2019 - 10h10

A cantora, compositora, atriz, diplomata e empresária Rihanna, nascida em Barbados, pequena nação insular do Caribe, surpreendeu seus fãs recentemente, quando foi vista ajudando na construção de um hospital no Malaui, na África Oriental.

Rihanna foi fotografada ajudando os trabalhadores locais a buscarem areia e água com um balde sobre a cabeça. O fato ocorreu pouco depois após ela ter sido nomeada “Embaixadora Extraordinária e Plenipotenciária” de seu país natal, Barbados, por promover educação, turismo e investimentos.

Rihanna busca água e carrega areia para ajudar a construir hospital no MalauiFoto: Reprodução / RihannaDiary

“Rihanna tem um profundo amor por este país e isso se reflete em sua filantropia, especialmente nas áreas de saúde e educação. Ela também mostra seu patriotismo na forma como ela retribui a esta nação e continua a valorizar a ilha como sua casa”, disse a primeira-ministra Mia Amor Mottley.

Rihanna é uma das cantoras mais bem-sucedidas de todos os tempos: vendeu mais de 250 milhões de álbuns e singles em mais de uma década de carreira. Hoje, além de cantora e compositora, trabalha como atriz e designer de moda.

 

Caridade

No início deste ano, Rihanna e sua Fundação Clara Lionel visitaram o Malaui, um dos países mais pobres do mundo, com a ajuda das ONGs Global Citizen e a Global Partnership for Education (Parceria Global para a Educação, em tradução livre).

Em um curto documentário, a embaixadora da GPE expressa seu interesse em aprender mais sobre a nação africana e como combater os desafios que o Malaui enfrenta no setor educacional, especialmente a falta de recursos, o que muitas vezes leva a um número baixo de crianças alfabetizadas e altas taxas de desistência ainda no ensino fundamental.

Rihanna busca água e carrega areia para ajudar a construir hospital no MalauiFoto: Reprodução / RihannaDiary

No mesmo dia que foi fotografada ajudando na construção de uma escola, Rihanna foi vista entrando em uma sala de aula para ensinar aos alunos matemática, num momento descontraído.

A cantora e centenas de outras personalidades, desde artistas à empresários se reuniram para levantar US$ 3,1 bilhões (R$ 11,5 bilhões) este ano, recurso que será utilizado no combate à pobreza e à fome ao redor do mundo.

“A falta de acesso à educação para crianças em todo o mundo é um problema enorme, mas isso não significa que devemos nos desesperar e nos render”, disse a barbadiana em um artigo publicado no jornal inglês The Guardian.

Rihanna busca água e carrega areia para ajudar a construir hospital no MalauiFoto: Reprodução / RihannaDiary

“Em vez disso, precisamos assumir o desafio para dar o exemplo e fazer a diferença. Isto é o que me levou a priorizar a educação global no meu trabalho de filantropia e advocacia.”

Enquanto crescia em Barbados, Rihanna acrescentou, ela reconhece que teve acesso à educação, e isso lhe foi fundamental. Em muitas partes do mundo, as crianças são impedidas desse mesmo acesso devido à pobreza, ao extremismo político, guerras civis, sexismo etc.

Rihanna busca água e carrega areia para ajudar a construir hospital no MalauiFoto: Reprodução / RihannaDiary

Para ajudar a tornar essas desigualdades uma coisa do passado, ela renovou seu pedido de apoio à Parceria Global pela Educação (GPE) e seus esforços para combater o déficit educacional em todo o mundo.

Rihanna também chamou à batalha sua própria fundação e doadores para atrair e engajar líderes mundiais e políticos, de modo a alcançar mais e mais pessoas dispostas a participar do projeto. Com informações, Razões Para Acreditar.

violência contra a mulher

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados
Interior
SubsRacial leva Campanha Julho das Pretas a Rochedo, com temas de saúde e educação
Mato Grosso do Sul
Temperaturas voltam a subir e ar seco segue predominando nesta quarta-feira
Mato Grosso do Sul
Governo investe R$ 5,8 milhões na pavimentação da MS-455, criando novo acesso a Capão Seco
Interior
Corpo de Bombeiros monitora incêndios com imagens de satélite e amplia fiscalização em áreas de focos
Campo Grande
Até quando a massa de ar frio polar vai atuar em Mato Grosso do Sul?
Esportes
Hoje é Dia: nota 10 de Comaneci e Dia do Futebol marcam semana
Saúde
Covid-19: Brasil soma 541,2 mil mortes e vai a 19,3 milhões de casos
Violência
Em vídeo exclusivo, DJ Ivis pede perdão a Pamella e a todas mulheres
Tempo
Ela vem: frente fria vai derrubar temperaturas para menos de 3ºC e causar geada em MS, diz previsão