Menu
Busca Qui, 18 de julho de 2019
(67) 9.9928-2002
Desvalorização dos Professores

Deputados estaduais votaram contra os professores do MS

11 julho 2019 - 11h45Por Plantão de notícias

Encerrada votação do projeto que reduz o salário dos professores. Agora o projeto de lei volta para o governador Reinaldo Azambuja sancionar a lei.

Vários funcionários públicos estão no plenário xingando os parlamentares que aprovaram medidas contrárias à categoria.

O sindicato promete levar o caso para o Judiciário, para anular a lei que é inconstitucional.

 

O Presidente da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Professor Jaime Teixeira entrega hoje, 10/07/2019, aos deputados estaduais o parecer da assessoria jurídica da FETEMS, demonstrando que a proposta de salário diferenciado para convocados, como proposto pelo governo estadual, é inconstitucional. Também é inconstitucional a fixação de salário de convocado por DECRETO e não Lei, como pretende o projeto do governo estadual.
O mesmo parecer ainda diz que o alongamento do calendário de integralização do PISO NACIONAL em 100%, de 2021 para 2025, é inconstitucional.
Segundo o parecer da assessoria jurídica o referido alongamento viola o acordo judicial da FETEMS com o Estado (coisa julgada e direito adquirido) e ainda viola a Emenda à Constituição Estadual 067 de 2015, de autoria do deputado estadual BETO PEREIRA (PSDB), que veda fixação de despesa para outro mandato (o mandato de Reinaldo Azambuja se encerra em 2022).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Ladrões se dão mal ao cair da moto
Mega-Sena
Resultado do sorteio do concurso n. 2170
JUSTIÇA
Registro de crimes cai no primeiro trimestre do ano
JUSTIÇA
Em MS, homem é preso em casa com arma, munições e R$ 21 mil
MILICIA
PF investiga suposta 'milícia' que com ameaças, extorsões e violência estaria tentando controlar aldeia urbana em Campo Grande
JUSTIÇA
Professor pesquisado por acusado de matar Marielle renuncia à direção após ameaças
Exemplo
PREFEITO MEXICANO SE DISFARÇA DE DEFICIENTE PARA TESTAR FUNCIONÁRIOS E FOI ISSO QUE ELE DESCOBRIU
Pai ridiculariza filha publicamente por ela não apoiar o atual governo
INVESTIGAÇÃO
Arma achada na casa de Flordelis foi usada para matar pastor
INTERIOR
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência em MS