Menu
Busca Dom, 24 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
ESPORTES

Barrichello revela cirurgia para retirada de tumor

17 abril 2018 - 09h35Por Redação Notícias VIP
 O ex-piloto de Fórmula 1 Rubens Barrichello revelou nesta segunda-feira (16) que precisou passar por uma cirurgia para retirar um tumor benigno no pescoço. O brasileiro ainda mostrou a cicatriz do procedimento.

Estava em casa tomando um banho e de repente senti uma dor na cabeça. De 0 a 10, foi uma dor de cabeça 8 ou 9, aquela para quebrar! Comecei a passar mal e vi que era coisa de hospital, contou Barrichello ao programa Conversa com Bial, da Globo.

A veia que se abriu por uma má formação se regenerou pelo próprio sangue em duas horas. Quando cheguei lá, colocaram um cateter pela virilha e a veia tinha fechado. Quando saí do hospital me disseram que apenas 14% saem disso como eu saí. Muita gente tem sequela, acrescentou.

Em fevereiro, Barrichello ficou internado em um hospital devido a uma microinflamação em uma veia da cabeça. O problema de saúde ajudou a revelar o tumor em seu pescoço.

Aos 45 anos, Barrichello se tornou o primeiro piloto a disputar 19 temporadas seguidas na F1. Atualmente, ele corre pela Stock Car, onde foi campeão em 2014. (ANSA)
racismo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meteorologia
Domingo com períodos de sol e ar abafado em Mato Grosso do Sul
Justiça
Município de MS é condenado a pagar R$ 260 mil e pensão vitalícia a homem que caiu em cratera
Segunda etapa do Enem acontece neste domingo
Covid 19 em MS
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
Alimentação
Governo federal se compromete com isenção de exportações para o PMA
Educação
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
Campo Grande
Marquinhos Trad cobra impostos e taxas da população de Campo Grande e não realiza serviços públicos.
Vacina
Fiocruz libera neste sábado distribuição de vacina aos estados
Tempo e temperatura
Meteorologia prevê sábado com pancadas de chuva e máxima de 33°C
Nioaque
Prefeito de Nioaque é o primeiro a ser investigado por tomar vacina destinada a indígenas