Menu
Busca Qui, 22 de outubro de 2020
(67) 9.9928-2002
MMA

Bellator: Lutador desloca braço de rival 2 vezes em 14s, mas desiste e explica: 'Não quero arruinar a vida de ninguém'

16 outubro 2020 - 13h58Por ESPN

Uma situação sem muitos precedentes no MMA aconteceu nesta quinta-feira no Bellator 249. Kastriot Xhema estava com a vitória nas mãos após deslocar o braço direito de Albert Gonzales duas vezes em apenas 14 segundos. Mesmo assim, resolveu desistir da luta e deixou a vitória de presente para o adversário – e deixou a todos sem entender o que aconteceu.

Toda a situação começou nos segundos finais do segundo round. Xhema encaixou uma chave de braço perfeita, mas Gonzales não desiste por nada. No movimento, o braço claramente é deslocado duas vezes. Logo na primeira, Xhema chega a olhar para o juiz e dizer que o braço do rival estava quebrado. O árbitro manda a luta seguir, e a lesão parece apenas piorar na sequência.

O gongo final do round soa sem Gonzales desistir. Mesmo assim, tudo levava a crer que poderia haver uma interrupção médica que decretasse a vitória de Xhema.

Só que acontece exatamente o oposto. O juiz encerra a luta por Xhema não querer continuar no combate, alegando que estava cansado demais. A própria transmissão oficial do evento não consegue explicar o que estava acontecendo.

Depois, o próprio Xhema foi às redes sociais. E disse que não desistiu por cansaço, mas sim para preservar a saúde de seu oponente.

“Eu não me arrependo do que eu fiz. Eu quebrei o braço do cara em uma chave de braço. Eu estava ganhando o segundo round por 10-8. Fez um som (de quebrar o braço), e o juiz ouviu. Eu disse a ele que estava quebrado e ele ignorou. Então eu decretei o fim da luta eu mesmo”, disse.

“No passado, isso aconteceu comigo. E meu rival soltou a minha perna e eu agradeço ele por isso até hoje. Eu não sou um pedaço de m... Eu não estou aqui para arruinar a vida ou a carreira de ninguém”, completou.

“Ei, estúpidos, não importa se eu estava cansado ou não. Não muda o fato de que essa luta deveria ter sido interrompida. O árbitro não estava tomando conta da saúde dele, então eu tomei. Eu fiz dois rounds no mais alto nível, lógico que eu estava cansado”, finalizou.

Assim, Albert Gonzales conseguiu uma das vitórias mais improváveis e loucas do MMA. E justamente em seu retorno, pouco mais de um ano após quebrar a perna à lá Anderson Silva.

Por ESPN

news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil e Mundo
Recusa de Bolsonaro à vacina chinesa repercute no mundo
Política
Kassio Nunes afirma em sabatina que podem ser feitas correções na Lava Jato
Brasil
Operação Índia cumpre mandados no DF e em cinco estados
Saúde
Morre brasileiro voluntário para vacina de Oxford
Pastor hipócrita
Pastor é preso por abuso dentro de ônibus e diz que 'caiu em tentação'
Brasil
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está com covid-19
Operação Arla 32
PRF participa de operação de combate a adulteração de combustíveis e Arla 32
Saúde
Não há intenção de compra de vacina chinesa, diz secretário
Política
Bolsonaro diz que governo federal não comprará vacina CoronaVac
Brasilia
Nunes fala de independência de Poderes e ativismo judicial, no Senado