Menu
Busca Sáb, 19 de setembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Futebol

Botafogo vence o Grêmio com golaço no final do jogo

Por Carol Assis
Botafogo venceu o Grêmio por 2 a 1 no sábado (28), no Engenhão, em duelo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo se encaminhava para um empate, mas a equipe da casa contou com um golaço do lateral Gilson aos 46min do segundo tempo.

O primeiro gol botafoguense foi anotado por Brenner. Michel descontou para os visitantes.

Com dois times claramente ofensivos, Botafogo e Grêmio proporcionaram um bom espetáculo para os torcedores, especialmente no primeiro tempo.

Recheado de reservas, o Grêmio conseguiu manter a sua proposta de jogo já tradicional, mas encontrou um adversário disposto a vencer o duelo.

Com mais entrosamento, o Botafogo foi mais perigoso no início da partida e quase marcou aos 3min, quando Matheus Fernandes carimbou a trave de Paulo Victor.

Em outra excelente chance botafoguense, o goleiro gremista impediu o tento adversário em cabeceio de Igor Rabello. Os tricolores ainda responderam com Alisson, em chute por cima do gol de Jefferson.

Quando o empate sem gols parecia inevitável, os times acertaram a pontaria e tiraram o zero do placar. Pouco depois de ser parado por Paulo Victor, Brenner acertou um bom chute e venceu o goleiro rival.

Mas a alegria alvinegra durou muito pouco: dois minutos depois, Michel subiu em escanteio e cabeceou para o fundo do gol -a bola ainda tocou Igor Rabello antes de entrar.

Já na segunda etapa, os times mantiveram a proposta ofensiva, mas apresentaram muitos erros individuais, com espaços em ambas defesas.

Apesar das brechas mais generosas, Botafogo e Grêmio esbarraram em suas limitações técnicas e também físicas, já que a queda de ritmo ficou evidente.

Em uma das chances mais claras, Madson cruzou e Luan bateu por cima de Jefferson. Um pouquinho depois, o Botafogo também desperdiçou a sua melhor possibilidade para desempatar: Ezequiel entrou desequilibrado na área e concluiu mal.

Os dois técnicos fizeram mexidas no ataque, as equipes ainda ensaiaram uma pressão nos minutos finais do confronto, mas foi um defensor que resolveu. Com uma bomba, Gilson fez o gol já nos acréscimos e decidiu o duelo.

Com a vitória, o Botafogo chega a cinco pontos. O Grêmio segue com quatro.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Botafogo visita o Cruzeiro, às 16h do próximo domingo (6), no Mineirão. No mesmo dia, o time gaúcho recebe o Santos, às 19h, em seu estádio.

BOTAFOGO

Jefferson, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Renatinho, Matheus Fernandes e Leo Valencia (Marcos Vinícius); Rodrigo Pimpão (Ezequiel) e Brenner (Kieza). T.: Alberto Valentim

GRÊMIO

Paulo Victor; Madson, Bressan, Paulo Miranda e Marcelo Oliveira; Michel (Cícero), Jaílson, Alisson, Maicossuel (Lima) e Luan (Pepê); André. T.: Renato Gaúcho

Estádio: Nilton Santos, no Rio

Juiz: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Cartões amarelos: Joel Carli (BOT); Marcelo Oliveira (GRE)

Gols: Brenner (BOT), aos 35min, e Michel (GRE), aos 37min do primeiro tempo; Gilson (BOT), aos 46min do segundo tempo. Com informações da Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download
news

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Em Campo Grande veículo da prefeitura pega fogo e coloca população em risco
As chamas consumiram o veículo da GM em frente a escola no Jardim.Anache
Brasil
Secretário de Estado norte-americano chega a Boa Vista Mike Pompeo visitará ainda Colômbia, Suriname e Guiana
Brasil
Bolsonaro diz que país está em fase final de “grande provação”
Brasil
IBGE: desemprego na pandemia atinge maior patamar em agosto
Justiça determina que deputada Flordelis use tornozeleira eletrônica
Brasil
Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax
Brasil
Ministro Benedito Gonçalves contrai Covid-19, informa assessoria do STJ
Cultura
É pecado sonhar?
Brasil
Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19
Meio Ambiente
Nuvem de fumaça provocada por queimadas no Pantanal chega ao céu de São Paulo