Menu
Busca Sex, 19 de julho de 2019
(67) 9.9928-2002
ESPORTES

Briga entre torcedores de São Paulo e Corinthians deixa 14 feridos em SP

Uma pessoa foi baleada; ao menos cincos suspeitos de provocar tumulto foram presos

14 abril 2019 - 16h00

Uma briga entre torcedores do São Paulo e do Corinthians deixou ao menos 14 pessoas feridas em Ferraz de Vasconcelos, na região metropolitana de São Paulo, na manhã deste domingo (14). Uma delas foi baleada, segundo a Polícia Militar.

Policiais chegaram ao local do confronto, na rua Rafael Anunciato, por volta das 10h30. Ao menos cinco pessoas foram presas e levadas ao distrito policial da cidade. 

Os feridos foram encaminhados ao Pronto-Socorro de Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, ao Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos e ao Hospital Central de Guaianazes, na zona leste de São Paulo. O estado de saúde das vítimas não foi divulgado.

São Paulo e Corinthians disputam às 16h deste domingo a primeira partida da final do Campeonato Paulista, no estádio do Morumbi, na zona sul de São Paulo.

Brigada entre torcedores de São Paulo e Corinthians

Brigada entre torcedores de São Paulo e Corinthians - Reprodução/GloboNews

O clássico será realizado com torcida única. Assim, apenas os torcedores do São Paulo podem comparecer no Morumbi

Desde abril de 2016, os clássicos em São Paulo são realizados apenas com a torcida do time mandante. A determinação foi da Secretaria de Segurança Pública após uma série de  confrontos entre integrantes das torcidas Mancha Alvi Verde, do Palmeiras, e Gaviões da Fiel, do Corinthians, que deixou dezenas de feridos e um morto.

Em dezembro de 2017,  levantamento da Polícia Militar aponta que houve redução no número de confrontos ao mesmo tempo em que diminuiu o total de escoltas, policiais militares nos estádios e nos arredores após o veto ser adotado. 

As autoridades compararam os dados de 20 jogos realizados na capital paulista após a implementação da torcida única –entre maio de 2016 a julho de 2017– com 19 partidas realizadas antes da medida– de abril de 2015 a abril de 2016.

Levantamento do sociólogo Maurício Murad, da Universidade Salgado de Oliveira, em julho de 2017 aponta que houve mais de 100 mortes ligadas ao futebol no Brasil desde 2010 -10% delas dentro de estádios.

"A proibição de alegorias evidentemente não é solução de nada. Alcança no máximo as consequências e não as causas da violência", diz Murad. Com informações, Folha de SP.

 

10 grandes clássicos entre São Paulo e Corinthians

10 grandes clássicos entre São Paulo e Corinthians

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Marcos Trad faz gestão de pura maquiagem
Fronteira sangrenta
A eficiência dos policiais paraguaios
Aviação
Avião faz pouso de emergência em praia dos EUA
JUSTIÇA
Governo de MS publica lei que proíbe venda de canudos plásticos
Ministério Público Federal
Procurador sobre a Lava Jato: 'É o momento mais grave'
Campo Grande
Bebê cai, passa mal e morre em unidade de saúde
Viral nas redes sociais
VÍDEO: Conheça Chico, o cachorro ‘demônio’ que destruiu tudo e deixou dona desesperada
POLÍTICA
Bolsonaro pode extinguir Ancine ou tirá-la de ministério
Polícia
Homicida é preso no interior do Paraná
Campo Grande
Trad dispensa Auxiliares Pedagógicos para alunos especiais