Menu
Busca Sex, 27 de novembro de 2020
(67) 9.9928-2002
Futebol

Com mais R$ 400 mi por ano, Messi é o mais bem pago do mundo

Por Carol Assis
Lionel Messi é disparado o atleta mais bem pago do futebol mundial, conforme informou a revista "France Football". O craque do Barcelona e da seleção argentina tem receita superior a 100 milhões de euros (R$ 417 milhões) na temporada.

As receitas de Messi turbinaram após renovação de seu contrato com o Barça, efetuado em janeiro deste ano.Segundo os termos do contrato, Messi passou a receber mais de 70 milhões de euros (85% em salário e 15% em direito de imagem), aos quais serão somados um bônus pela assinatura do contrato no valor de 63.5 milhões de euros, além de um "bônus por lealdade" de 70 milhões de euros, este último caso não deixe o clube antes do final do contrato, em 2021.

A revista francesa destaca que pela primeira vez desde que passou a fazer levantamento (há 20 anos), um atleta recebe mais de 100 milhões de euros por temporada.

O "France Football" não apresenta os valores exatos de Messi e os demais atletas, mas informa que também estão no topo dos mais bem pagos os jogadores Cristiano Ronaldo, Neymar, Ibrahimovic e Iniesta.

Os atletas de futebol chegaram a um patamar salarial compatível a esportes que costumam pagar mais a suas estrelas, como o boxe e basquete. Os jogadores "top" se aproximam de salários do astro da NBA, LeBron James, e do pugilista Floyd Mayweather. (Folhapress)
racismo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Covid-19 mata subtenente em MS; 2ª morte do mês na instituição
Covid 19 em MS
Taxa de contágio da Covid 19 volta a subir no MS
Campo Grande
Estado deposita R$ 514 milhões em salários nesta sexta-feira (27)
Brasil e Mundo
Dinamarca quer desenterrar "visons zumbis" de valas coletivas
Judiciário
Bretas condena Cabral a 19 anos de prisão e Barata a 28 anos
Esportes
LNF adia primeiro jogo da semifinal entre Tubarão e Magnus
Ponta Porã
Polícia paraguaia prende dois suspeitos de matança de membros da turma de Fahd Jamil
Polícia
PF investiga suspeitos de propaganda de atos para alteração da ordem
Saúde
Fiocruz: aumento de casos e óbitos de covid-19 deve servir de alerta
Argentina
“Adios Diego”: Maradona é enterrado e mundo chora a perda