Menu
Busca Sex, 17 de setembro de 2021
(67) 9.9928-2002
Esporte

Daniel Cormier critica Adesanya por ‘sarrada’ e série de provocações a Paulo Borrachinha: ‘Deixe o cara em paz’

20 outubro 2020 - 19h00Por Plantão esportvo, NV

Quase um mês depois da vitória de Israel Adesanya sobre Paulo Borrachinha por nocaute técnico no UFC 253, a rivalidade entre os dois lutadores segue sendo pauta e, mais recentemente, foi a vez de Daniel Cormier opinar sobre a “sarrada” do atual campeão peso-médio sobre o brasileiro, que repercutiu bastante e provocou uma grande polêmica no cenário do MMA. O nigeriano, inclusive, recebeu algumas críticas de fãs do esporte, mídia e até mesmo de outros atletas.

Cormier, que se aposentou do MMA este ano após a segunda derrota para Stipe Miocic em trilogia, está em Abu Dhabi (EAU), onde vem trabalhando como comentarista na ESPN americana. Na última semana, em conversa com jornalistas na “ilha da luta”, o ex-campeão meio-pesado e pesado do Ultimate admitiu que não ficou surpreso pela postura apresentada por Adesanya ao simular um ato sexual em Borrachinha, entretanto, não deixou de fazer críticas ao lutador, deixando um recado para o “Stylebender”, que segue trocando provocações com o brasileiro mesmo após o triunfo no UFC 253.

“O gesto (‘sarrada’) foi uma loucura. Eu nunca vi algo assim antes, mas Adesanya é isso. Ele quer marcar seu território. Não me surpreendo com nada que ele faz. Adesanya, deixe o Paulo (Borrachinha) em paz. Você continua mexendo com o cara, mas ele está morto. Chega! Adesanya continua provocando, quando Paulo já está caído. Atualmente, esses lutadores são diferentes. Geralmente, quando um lutador vence, segue em frente, mas Adesanya está mexendo tanto com Paulo, que me faz sentir mal com essa situação. Quando Paulo respondeu, ficou ainda pior. Parem, apenas parem”, disparou o experiente ex-lutador.

Apesar de defender Paulo Borrachinha das constantes provocações realizadas por Israel Adesanya, Daniel Cormier não deixou de criticar o pedido do brasileiro por uma revanche imediata diante do atual campeão. Segundo “DC”, o mineiro deveria procurar por outro combate na divisão dos médios.

“O que Adesanya fez com Paulo foi o mais desrespeitoso possível. É por isso que peço para deixá-lo em paz. Acabou. Ele não pode fazer mais nada. Isso me deixou mal, porque ele não merece sofrer tantos ataques. Foi horrível. Adesanya deixou Paulo delirando. (Sobre Borrachinha pedir uma revanche contra Adesanya), gosto dele (Borrachinha), mas não faz sentido dizer para Adesanya assinar o contrato. Que contrato? Não tem nenhum contrato, Paulo! Vá lutar contra alguém e apenas aceite a derrota”, finalizou o americano.

Por Tatame

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rio de Janeiro
Apoiadores de Bolsonaro fazem ato em Copacabana, no Rio de Janeiro
São Paulo
Manifestantes fazem ato na Av. Paulista a favor de Bolsonaro
Brasília
PM informa que restabeleceu bloqueio na Esplanada dos Ministérios
Tribunal de Justiça
Fux manda retirar bandeira do Brasil Império hasteada na sede do TJ de Mato Grosso do Sul
Brasília
Esplanada terá esquema especial de segurança para protestos deste feriado
Brasíl
7/9: Moraes bloqueia contas de acusados de organizar atos antidemocráticos
MS já vacinou 50% dos jovens de 12 a 17 anos contra covid com a 1° dose – Feriado
MS
Secretaria de Estado de Saúde confirma três casos da variante Delta em Mato Grosso do Sul
STF
Urgente: Moraes determina prisão de ex-PM que o ameaçou de morte
Meio Ambiente
Ganhou prazo para resolver o problema, sob pena de multa e improbidade do prefeito