Menu
Busca Sex, 19 de julho de 2019
(67) 9.9928-2002
LIBERTADORES

Fla supera vaias, faz 6 a 1 no San José e se aproxima de vaga na Liberta

12 abril 2019 - 08h30

Ainda não foi desta vez que o Flamengo encantou a torcida na Copa Libertadores, apesar de se aproximar da vaga nas oitavas de final. O Rubro-negro superou as vaias no intervalo depois de um primeiro tempo confuso e goleou o San José da Bolívia por 6 a 1, hoje, no Maracanã. Os gols foram de Diego, Everton Ribeiro (2), Arrascaeta, Vitinho e Pará - Saucedo fez para o rival. Mesmo com um a mais desde os cinco minutos da primeira etapa, os cariocas levaram sustos do modesto time boliviano e deixaram a torcida impaciente no intervalo.

A equipe de Abel Braga se mostrou desorganizada em diversos momentos, sobretudo defensivamente. No fim, o resultado veio mais pela fragilidade adversária do que por um bom desempenho do time da Gávea.

Com o resultado, o Flamengo chegou aos nove pontos no Grupo D e pode se classificar já na próxima rodada. Para isso, basta empatar com a LDU, dia 24 de abril, em Quito. Caso perca, a decisão da vaga ficará para a última rodada, quando terá um difícil duelo contra o Peñarol, fora de casa.

 

Fla consegue o que queria logo no início

Como já se esperava, o Flamengo partiu para cima do San José logo no início da partida e conseguiu rapidamente o que queria. Aos 3 minutos, escanteio foi cobrado pela direita. Bruno Henrique desviou na primeira trave, e Diego cabeceou para o fundo do gol. Festa da torcida no Maracanã, e cenário favorável logo de cara.

 

San José tem jogador expulso aos 5 minutos

O panorama melhorou aos 5 minutos. Toco era o último homem e foi expulso por falta em Bruno Henrique. O Flamengo ficou com um jogador a mais diante de um adversário que aparentemente não tinha força para impor qualquer dificuldade.

 

Mas o Flamengo levou sustos mesmo assim...

Com um cenário absolutamente favorável, o Flamengo até produziu, mas pouco para o que se esperava por conta das condições. O time teve chances de ampliar o placar e não o fez. Pelo contrário. Tomou o empate aos 18 minutos, em gol de Saucedo (com impedimento na origem da jogada), e quase sofreu outro gol do atacante nos minutos finais da etapa inicial.


 

 

Everton Ribeiro marca, mas Fla não empolga

Diante de um adversário mais fraco, o Flamengo fez o mínimo que se esperava e saiu para o intervalo em vantagem no placar. Aos 31 minutos, o time encaixou rápido contra-ataque com a dupla Everton Ribeiro e Bruno Henrique. Coube ao primeiro tirar do goleiro e deixar o Rubro-negro em vantagem. Mesmo assim, a equipe foi para o vestiário vaiada pela torcida presente ao Maracanã.

Arrascaeta faz golaço e dá tranquilidade ao Flamengo

Ovacionado pela torcida, Arrascaeta trouxe a tranquilidade que o Flamengo precisava aos 11 minutos do segundo tempo. Everton Ribeiro deu belo passe para o uruguaio dentro da área. Ele dominou no peito, cortou para o pé direito e chutou forte para delírio dos rubro-negros. Foi o suficiente para obter o resultado desejado.

 

Everton Ribeiro, Vitinho e Pará fecham o placar

Com o placar resolvido, o Flamengo teve um pouco mais de tranquilidade para jogar e foi capaz de assinalar mais dois gols. Everton Ribeiro fez aos 34 minutos, e Vitinho, de pênalti, marcou aos 37. Pará ainda marcou aos 43. Festa da torcida no Maracanã pela goleada, mas a certeza de que o time ainda não exibiu o futebol que todos esperam em 2019. Com informações, Uol Notícias.

 

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 6 X 1 SAN JOSÉ

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Piero Maza (CHI)
Auxiliares: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Ríos (CHI)
Cartões amarelos: Willian Arão (Flamengo); Rodríguez (San José-BOL)
Cartão vermelho: Toco (San José-BOL)
Gols: Diego, aos 3min do primeiro tempo; Saucedo, aos 18min do primeiro tempo; Everton Ribeiro, aos 31min do primeiro tempo e aos 34min do segundo tempo; Arrascaeta, aos 11min do segundo tempo; Vitinho, aos 37min do segundo tempo; Pará, aos 43min do segundo tempo

Flamengo
Diego Alves; Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê (Trauco); Cuéllar, Willian Arão e Diego (Vitinho); Arrascaeta, Everton Ribeiro (Lucas Silva) e Bruno Henrique
Técnico: Abel Braga

San José-BOL
Lampe; Juárez (Rojas), Rodríguez, Toco e Jair Torrico; Ovando, Didi Torrico e Gutiérrez; Sanguinetti, Ramallo (Marcelo Gomes) e Saucedo (Alessandrini)
Técnico: Miguel Ponce

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Marcos Trad faz gestão de pura maquiagem
Fronteira sangrenta
A eficiência dos policiais paraguaios
Aviação
Avião faz pouso de emergência em praia dos EUA
JUSTIÇA
Governo de MS publica lei que proíbe venda de canudos plásticos
Ministério Público Federal
Procurador sobre a Lava Jato: 'É o momento mais grave'
Campo Grande
Bebê cai, passa mal e morre em unidade de saúde
Viral nas redes sociais
VÍDEO: Conheça Chico, o cachorro ‘demônio’ que destruiu tudo e deixou dona desesperada
POLÍTICA
Bolsonaro pode extinguir Ancine ou tirá-la de ministério
Polícia
Homicida é preso no interior do Paraná
Campo Grande
Trad dispensa Auxiliares Pedagógicos para alunos especiais