Menu
Busca Ter, 26 de janeiro de 2021
(67) 9.9928-2002
Fórmula 1

GP do Barein: Hamilton vence após acidente brutal de Grosjean e capotagem de Stroll

Francês fica no cockpit em chamas por 29 segundos mas consegue escapar; na relargada, canadense é tocado e fica de cabeça para baixo, mas sai ileso; heptacampeão domina prova

29 novembro 2020 - 14h30Por Plantão NV esportes/ GE

A Fórmula 1 viveu um domingo de susto e alívio no Barein. A corrida vencida pelo heptacampeão Lewis Hamilton ficou marcada pelo assustador acidente de Romain Grosjean após a largada; o francês da Haas, ao tentar desviar de outros carros, tocou com a AlphaTauri de Daniil Kvyat e perdeu o controle do carro, que bateu com violência no guard rail, foi partido ao meio e explodiu em chamas. Grosjean ficou no carro pegando fogo por 29 segundos mas conseguiu sair do cockpit e correu para escapar do fogo.

Grosjean saiu com queimaduras leves nas mãos e tem suspeita de fraturas nas costelas. Pouco, diante da brutalidade do acidente, cujo impacto foi de 53 vezes a força da gravidade e paralisou a corrida por mais de 1h20. 

Dada nova largada, outro acidente, de menores proporções, também assustou: Lance Stroll foi tocado pelo mesmo Daniil Kvyat no miolo do traçado, e seu carro ficou de cabeça para baixo. O Halo da Racing Point foi ralado pelo asfalto, mas o canadense conseguiu sair do cockpit sem problemas. 

Depois dos acidentes assustadores, Hamilton teve mais uma prova dominante na temporada e venceu pela 95ª vez na F1. Max Verstappen, da RBR, terminou em segundo lugar depois de três trocas de pneus, uma a mais do que o inglês, e seu companheiro de equipe Alexander Albon herdou a terceira colocação depois que Sergio Pérez teve o motor Mercedes de sua Racing Point quebrado e causou um safety car a três voltas do fim.

Completaram a zona de pontuação, da quarta à décima colocações, Lando Norris (McLaren), Carlos Sainz Jr. (McLaren), Pierre Gasly (AlphaTauri), Daniel Ricciardo (Renault), Valtteri Bottas (Mercedes), Esteban Ocon (Renault) e Charles Leclerc (Ferrari). O carro de segurança no fim acabou salvando Ricciardo e Bottas, que tinham problemas nos seus carros (suspensão e pneu furado) e conseguiram completar a prova.

+ CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO

A próxima etapa da Fórmula 1 2020 será disputada no próximo fim de semana, também no Barein, mas num circuito alternativo e mais curto no mesmo autódromo. O GP de Sakhir será a 16ª etapa de um total de 17 corridas. 

O pódio

 

HAMILTON: "Fisicamente foi uma corrida muito desgastante. Max tinha muita velocidade hoje. Eu definitivamente estava sentindo isso. Estou muito grato ao time. Que privilégio ter outro resultado como esse."

 

VERSTAPPEN: "Foi muito assustador na largada - vimos a bandeira vermelha e muito fogo. Grato por Romain aparentar estar ok. Não fomos agressivos o suficiente na nossa estratégia e tivemos também um pit stop lento, mas o segundo lugar não é tão ruim."

 

 

ALBON: "Os caras fizeram um trabalho fantástico em deixar o carro pronto depois da sexta-feira (acidente). Eu me senti como nas últimas corridas ficando melhor e melhor"

racismo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campo Grande
Casa de Evento na MS-080 reuniu cerca de 15 mil pessoas no sábado no Show de dupla sertaneja
Fronteira
"Gringo Gonzales", considerado um dos mais temidos do mundo do crime, foi preso em PJC.
Fronteira
Pistoleiro que executou policial paraguaio foi preso e transferido para Assunção.
Campo Grande
Festa com aglomeracão é flagrada e organizadores vão parar na polícia.
Oxigênio
Caminhões com carga de oxigênio chegam a Manaus
Covid 19 em MS
Número de casos de Covid-19 continua alto na maioria das cidades do Estado
Vacina
Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca
Acidente
Avião cai em TO com jogadores e presidente do Palmas Futebol
Campo Grande
Incompetência do prefeito Marcos Trad faz usuário do transporte coletivo sofrer
Esporte
Brasileirão: de olho no título, Flamengo encara Athletico em Curitiba